• by Brunelson

Tom Morello: "treinava 08 horas por dia, com escalas e riffs de Chuck Berry"


Tom Morello falou sobre sua evolução desde os primeiros dias do RAGE AGAINST THE MACHINE até o seu novo álbum solo, "The Atlas Underground" - em uma nova entrevista para o site The Australian.


"Não foi até a época da formação do RAGE AGAINST THE MACHINE que encontrei a minha própria voz. Eu era o compositor da banda e havia excentricidades no meu jogo. Comecei a praticar aquelas 08 horas por dia, com escalas e riffs de Chuck Berry”.


Morello também falou sobre o desejo de "flanquear" o seu trabalho anterior no RAGE AGAINST THE MACHINE e AUDIOSLAVE, com o seu novo álbum solo. Ele continuou falando sobre a sua atual banda.


"Eu tenho uma movimentação implacável e determinada de que o show com o PROPHETS OF RAGE, seja o melhor show que qualquer uma das pessoas mais legais já fizeram nas suas vidas", falou Morello, batendo a palma da mão aberta sobre a mesa para enfatizar.


"Eu não quero descansar em meus louros. Eu quero que esse meu novo disco solo, 'The Atlas Underground', supere todos os discos que já fiz. Sempre direcionei esse foco na minha vida... Às vezes você consegue, às vezes não".


Tom Morello passou recentemente pelo Brasil, em turnê com a sua banda solo.

  • Facebook Social Icon
Mais Recentes
Destaques

2016 by RockInTheHead