• by Brunelson

Queens of The Stone Age: Homme reage aos fãs que dizem que ele se vendeu


O frontman do QUEENS OF THE STONE AGE, Josh Homme, foi criticado pelos fãs e “puristas” da velha escola da sua banda primária, KYUSS, por ter trabalhado com o produtor pop music, Mark Ronson, em seu último álbum de estúdio, “Villains” (7º disco, 2017) - em uma nova entrevista para o site Current.


Jornalista: Então, conheço muitos puristas da velha escola, especialmente aqueles que acompanharam todo o caminho percorrido pelo KYUSS, que quando ficaram sabendo que você iria produzir o novo álbum do QUEENS OF THE STONE AGE com o produtor pop music, Mark Ronson, muitos começaram a falar, tipo: "Mas que porra está acontecendo com o QUEENS OF THE STONE AGE?" Você ficou surpreso com a reação deles?


Josh Homme: Não, eu estava esperando por isso... Seria seguro entender que eu já sabia que isso iria acontecer, sabe? Eu acredito que há movimento e equilíbrio na vida, porque nós estamos sempre crescendo e morrendo ao mesmo tempo. Eu sinto que estou me desafiando e se estamos desafiando uns aos outros, estamos indo na direção certa. O subproduto disso é que qualquer pessoa que esteja nos acompanhando deve esperar uma atitude atípica, porque queremos fazer coisas inéditas e sermos os primeiros a fazer. Parte de mim pensa que, sempre que aprontarmos algo novo, podemos perder 20% do nosso público e tenho ciência disso. Que seja 20% das pessoas que irão falar: "A banda mudou! Onde está a minha banda que eu sempre tive?" Você pode supor essas coisas e eu falei a Ronson: "Se 15% das pessoas não te odeiam, então você é uma chatice, cara". Foi quando ele me respondeu: "Então, vou tentar fazer com que essa margem suba para 40%".

  • Facebook Social Icon
Mais Recentes
Destaques

2016 by RockInTheHead