top of page
  • by Brunelson

Robert Plant: quando desejou ser vocalista do The Who


Quando ainda estavam iniciando a carreira, a banda THE WHO já trazia consigo uma carga de tensões.

Durante 1966, os atritos entre o quarteto cresceram a um nível imensurável e ameaçaram inviabilizar o seu progresso como banda no momento em que estava apenas começando. O comportamento do vocalista Roger Daltrey o fez se tornar o alvo falante ambulante dentro do grupo e cogitou-se uma vez a troca de vocalista.

Durante esse tempo, um jovem Robert Plant de 17 anos de idade - que logo se tornaria uma das vozes mais reconhecidas de uma geração como vocalista do LED ZEPPELIN - se interessou em assumir o lugar como vocalista do THE WHO.

Fica como um dos momentos “e se” mais potentes na história do rock and roll e nos deixa contemplando exatamente o tipo de hinos de rock abrasador que o guitarrista Pete Townshend e Robert Plant poderiam ter inventado juntos.

Se os membros do THE WHO - Keith Moon (baterista), John Entwistle (baixista) e os já citados Roger Daltrey e Pete Townshend - não estavam no palco destruindo os seus instrumentos e causando estragos, eles provavelmente estavam brigando entre si e com os punhos também.

THE WHO também é lendário por suas brigas entre bandas, mas a maioria dos grupos deixava as coisas somente com palavras cruéis, mas o THE WHO estava sempre disposto a usar da violência física ou passando a um fio de cabelo de distância de um grave problema.

A sua 1ª briga de verdade veio depois que Daltrey jogou as anfetaminas de Keith Moon no vaso sanitário de um camarim – até forçando a banda a “demitir” Daltrey por algum tempo - mas essa tensão se dissipou rapidamente quando o grupo percebeu que a música "My Generation" estava no topo das paradas e sugerindo que uma carreira envolta ao estrelato popular ainda estava pela frente se eles ficassem firmes.


Mas quando Daltrey decolou para “algumas viagens extras” deixando Townshend e Entwistle no dever vocal, as tensões cresceram a um nível insuportável.

Já tendo cancelado um show em Worcester após o não comparecimento de Daltrey, o trio que subiu ao palco enfrentou um problema semelhante quando chegaram a Kidderminster mais uma vez sem o vocalista naquela noite, no entanto, na plateia estava um jovem Robert Plant de 17 anos que decidiu que ele deveria ser a pessoa para ocupar aquela vaga de vocalista do THE WHO.

“Robert Plant veio nos ver 03 noites seguidas e se ofereceu para cantar, assim como Steve Gibbons quando veio nos ver e Roger Daltrey também não estava lá para o show”, lembrou Townshend numa entrevista em 1990. “Obviamente, nenhum deles pensou que eu era bom em cantar”.

Em 1968, Robert Plant seria um dos membros fundadores do LED ZEPPELIN e se tornaria um dos maiores artistas do século 20, vendendo mais do que os BEATLES e se tornando em grande parte uma verdadeira lenda do rock.


Plant e Daltrey mantiveram uma boa amizade ao longo do tempo: “Robert tem uma coragem incrível”, disse Daltrey uma vez. O jornalista provocou: “Eu sei que muitas pessoas dizem que ele copiou você, porque você tinha o cabelo longo, loiro e encaracolado, e então, ele aparece com o cabelo longo, loiro e encaracolado…”

“Isso não é verdade, porque Robert é Robert”, respondeu Daltrey. "Eu só gostaria de ter tido a altura que ele tem".

Realmente fica no ar "o que poderia ter sido", tanto para o THE WHO, quanto para o LED ZEPPELIN...

Comentários


Mais Recentes
Destaques
bottom of page