• by Brunelson

The Doors: ouça as últimas gravações conhecidas de Jim Morrison, "The Lost Paris Tapes"


No disco "An American Prayer" (1978), o álbum póstumo final dos bastiões lendários do movimento contra-cultural, THE DOORS, o seu enigmático vocalista Jim Morrison é exposto a todos.


No entanto, sabemos que há outro conjunto de fitas com uma visão ainda mais profunda do vocalista, chamada "The Lost Paris Tapes".


O disco de 1978 viu os três membros sobreviventes do THE DOORS adicionarem música de fundo às leituras de poesia desacompanhadas de Jim Morrison. Originalmente registrada por Morrison em 1969 e 1970, as leituras funcionam como uma revelação do conflito interno ao qual Morrison estava começando a sucumbir. Ele fornece uma escuta envolvente para aqueles inspirados em Morrison e intrigados em seus momentos internos.


O disco "An American Prayer" foi gravado em duas passagens. A primeira na primavera de 1969 e a segunda finalmente em dezembro de 1970. Na época, Jim Morrison estava lutando contra o alcoolismo e as crescentes pressões de ser o frontman do THE DOORS. Ele decidiu se afastar do mau círculo de amigos que o enlouqueceu em Los Angeles e seguiu para Paris com a sua namorada de longa data, Pamela Courson.


Jim Morrison nunca retornaria aos EUA, perdendo a vida com a tenra idade de 27 anos em julho de 1971.


Morrison deixou para trás uma última lembrança do seu talento, no entanto, quando ele entrou no estúdio para a sua gravação final - apenas algumas semanas antes de sua morte - "The Lost Paris Tapes" registra Morrison conduzindo outra leitura e performance de poesia ao lado de alguns músicos de rua parisienses.


Sabemos que desde 1994 circula esta gravação pirata, que quando adicionado a um conjunto de leituras gravadas em 1969, é conhecido como "The Lost Paris Tapes".


Longe da gravação de "An American Prayer", aqui na gravação de "The Lost Paris Tapes", Morrison é o seu eu puro, mostrando não apenas o seu senso de humor um pouco estranho, mas também a sua difícil batalha contra o álcool. Longe de sua banda e por conta própria, Morrison - o poeta - solta as suas falas.


As fitas são um amplo espectro do talento de Morrison. Ele serpenteia do brilhante ao brutal, do intelectual ao ignorante e do profético ao patético. "The Lost Paris Tapes" são as gravações finais e talvez as mais reveladoras de um artista que luta para administrar o seu próprio gênio.


Confira na íntegra logo abaixo todos os áudios da gravação de "The Lost Paris Tapes":

  • Facebook Social Icon
Mais Recentes
Destaques

2016 by RockInTheHead