Heart: “a morte de Chris foi como um acidente de carro para mim”

November 6, 2017

 

Nancy Wilson, guitarrista da banda HEART (também de Seattle), falou sobre Chris Cornell e Layne Staley em uma nova entrevista para a revista Rolling Stone. Segue alguns trechos:

 

Jornalista: Vocês haviam composto uma canção chamada "The Dragon" que fala sobre o falecido vocalista do ALICE IN CHAINS, Layne Staley, depois dele ter sofrido overdose. Chris Cornell também era outro amigo íntimo da sua época... Como você processou essa perda?

 

Nancy: Eu sempre amei ele e todos esses caras do ALICE IN CHAINS, SOUNDGARDEN, PEARL JAM... Eu sempre achei Chris uma pessoa grandiosa e quieta. Ele sempre foi meio distante, sabe? Na época eu cheguei a pensar, tipo: "Talvez ele não esteja querendo ser meu amigo”. Mas então, mais tarde, quando o HEART foi induzido ao Rock’n Roll Hall of Fame e nós já estávamos saindo mais uns com os outros, ele chegou até mim e disse: "Eu sempre fui um grande fã de vocês, mas não sabia o que dizer quando nos encontrávamos”.

 

Nancy: Às vezes ele era meio desligado, mas estava sempre reivindicando sobre e ao nosso redor e no começo eu pensava que ele estava apenas sendo pretensioso conosco. Quando ele fez o discurso da indução da banda HEART no Hall of Fame, eu apenas comecei a chorar, sabe? Foi tão bonito como ele realmente sentia e como estava inspirado em nós. Agora, a música "The Dragon" também fala sobre ele... É sobre vários viciados que eu conheci no passado e não vi isso acontecer com Chris Cornell, no entanto... Para mim, o que aconteceu com Chris foi como se ele tivesse sofrido um acidente de carro, sabe? Foi realmente um choque.

 

Nancy: Desde que éramos crianças, o nosso pai tinha um pequeno gravador de fita cassete e nós fazíamos músicas de comédia. Nós criávamos canções e escutávamos em alta velocidade ou em baixa velocidade, preenchendo os 02 lados da fita com todo esse tipo de caos e histeria. Uma vez, me lembro de ter mostrado essas gravações para Chris e ele havia dito: “Yeah!” Ele não havia entendido a piada, mas você sabe, o humor de uma banda nem sempre “voa” com todo mundo e Chris era um cara muito sério.

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

  • Facebook Social Icon
Mais Recentes

Grunge: Top 50 melhores álbuns pela Revista Rolling Stone - nº 38

November 12, 2019

1/5
Please reload

Destaques
Please reload

2016 by RockInTheHead