top of page

Tom Morello: por que ele não quis ter aulas de guitarra?


Tom Morello, guitarrista de bandas como o RAGE AGAINST THE MACHINE, AUDIOSLAVE e PROPHETS OF RAGE, foi entrevistado pela Warp Magazine e dentre vários assuntos, falou por que ele se recusou a fazer aulas de guitarra e o grande problema que teve com os professores do gênero.

Relembrando os primeiros dias de sua jornada musical, Morello havia sido perguntado de quando tocou numa guitarra pela 1ª vez.

Seguem alguns trechos:

“Eu tive a minha 1ª guitarra aos 13 anos de idade, tive duas aulas de guitarra e isso me fez não querer tocar guitarra nunca mais".

"Então, voltei a tocar guitarra somente aos 17 anos de idade, quando descobri a música punk rock e isso começou a minha jornada que me levou a essa entrevista com você aqui, hoje".


Jornalista: Eu imagino que você tenha percebido a guitarra como algo diferente nessas aulas, certo? Porque o jeito que você decidiu tocar guitarra é único e muito diferente, parece que você estava tentando fazer algo realmente especial ou diferente, ou pelo menos só para se divertir...

"Sim, pelo menos divirta-se! Eu tive duas aulas e queria aprender músicas do KISS e do LED ZEPPELIN, mas os professores queriam me ensinar escalas e como afinar a guitarra".

“Achava aquilo tão chato, porque não me interessava em nada e quando voltei a tocar aos 17 anos, estava decidido a não aprender nada com ninguém".

“Eu já estava em uma banda antes de saber como tocar um acorde, tipo: 'Estamos numa banda e a guitarra faz algum barulho, então, esse barulho será a música'".

"Foi aquele espírito da música punk rock onde não preciso de aulas, não preciso de uma boa guitarra, não preciso de nada disso, só preciso de um ponto de vista e foi isso que aconteceu".

"E entre aquela época e agora, eu pratiquei guitarra, aprendi alguns novos acordes e algumas notas ao longo do caminho, mas sempre com aquela faísca inicial de querer ser criativo por causa desta expressão sem regras, pois é o que ainda nos resta".


Jornalista: Eu posso perceber que você ainda é um fã de música, não só de criar música, mas também um fã de música mesmo e você está aberto a diferentes gêneros. Qual é a sua forma de consumo ou descoberta de música nova?

"Eu procuro muito no Spotify, mas também fui transformado em um novo artista pelos meus filhos. Tenho dois meninos de 10 e 11 anos e eles estão sempre ouvindo música, o que às vezes é surpreendente e excelente".

“Eu lhes pergunto: 'O que é isso que vocês estão ouvindo?' E algumas coisas eu não gosto, mas algumas eu gosto, então, essa é também outra maneira de conhecer bandas novas".

“E quando eu estava conhecendo estas novas músicas, havia alguns artistas com os quais eu definitivamente estava muito interessado em trabalhar junto".


"War Within a Breath" (3º disco do RAGE AGAINST THE MACHINE, "The Battle of Los Angeles", 1999)


"Your Time Has Come" (2º disco do AUDIOSLAVE, "Out of Exile", 2005)


"Unfuck The World" (1º disco do PROPHETS OF RAGE, "Prophets of Rage", 2017)


留言


Mais Recentes
Destaques
bottom of page