top of page
  • by Brunelson

Thom Yorke: "tudo bem cantar desse jeito?", quando escutou Neil Young pela 1ª vez


Thom Yorke, vocalista do RADIOHEAD, falou sobre ter uma voz parecida à de Neil Young: “Na minha adolescência eu nunca tinha ouvido Neil Young, então, saí e comprei o álbum 'After The Gold Rush' (3º disco, 1970) e pensei: ‘Nossa! Não há problema em um vocal soar assim?'"

Em um trecho do vindouro livro do escritor Jason Thomas Gordon, "The Singers Talk", Yorke revelou como aprendeu a aceitar ter uma voz semelhante à de Neil Young.

Ele disse que sempre sentiu que as suas primeiras gravações demo lhe deixava: “Desconfortável pelo alto volume ou estranheza de como ficava o meu vocal”. Aos 18 anos de idade, ele gravou uma fita-cassete demo e enviou para uma revista, que lhe rendeu uma ótima crítica e a seguinte resposta: “'Quem é esse cara? Ele soa como Neil Young!’”

“Eu me perguntei na hora: 'Quem é Neil Young?'”, disse Yorke. “Eu nunca tinha ouvido Neil Young, então, saí e comprei o álbum ‘After The Gold Rush’ e pensei: ‘Nossa! Não há problema em um vocal soar assim?’ Porque a voz dele soa um pouco mais alta do que a minha, mas havia uma suavidade e uma ingenuidade na sua voz que eu estava sempre tentando esconder na minha. Então, foi como uma revelação pra mim, tipo: ‘Oh, talvez eu não precise mais esconder isso’”.

Ele explicou como assistir um show de Jeff Buckley também o ajudou a abraçar e a se sentir confortável com o seu próprio vocal: “Quando estávamos gravando o 2º álbum do RADIOHEAD, 'The Bends’ (1995), eu fui ver um show de Jeff Buckley. Novamente, esse foi um daqueles momentos: ‘Tudo bem fazer isso?’ E me lembrou dessa parte vulnerável em mim que eu estava tentando esconder. Eu lembro que no início das gravações do nosso 2º disco, comecei sozinho sem instrumento nenhum os vocais da música ‘Fake Plastic Trees’. Quando nos reunimos para ouvir, o pessoal da banda falou: ‘Vamos usar isso!’ E eu respondi: ‘Não, não, não podemos usar isso. É muito vulnerável e isso é demais pra mim'".



Yorke compartilhou que ele mantém a sua voz em forma com aquecimentos vocais antes dos shows, além de trazer um massagista quiroprático para as turnês, afim de realinhar a sua coluna quando a sua voz fica rígida.

“É uma sensação incrível quando a sua voz se abre assim depois de uma massagem na coluna”, finalizou Yorke. “É sintomático, mas isso é o que acontece quando estou em muitas turnês e preciso de alguém para me consertar se você se entrega da forma como eu faço".




"Fake Plastic Trees"


Comentarios


Mais Recentes
Destaques
bottom of page