top of page
  • by Brunelson

Soundgarden: por enquanto, banda venceu 02 de 06 processos judiciais que recebeu da viúva de Cornell


Os membros do SOUNDGARDEN, Kim Thayil (guitarrista), Matt Cameron (baterista) e Ben Shepherd (baixista), obtiveram uma vitória legal sobre alguns dos processos que a viúva de Chris Cornell, Vicky, havia aplicado à banda.

A Billboard relatou:

Um juiz federal no estado de Washington recomendou que o tribunal rejeitasse 02 das 06 reivindicações de Vicky Cornell contra os membros sobreviventes do SOUNDGARDEN.

A juíza distrital dos EUA, Michelle Peterson, disse que não havia evidências de que a banda estava retendo indevidamente "centenas de milhares de dólares" dos royalties de Chris Cornell por parte de Vicky, ou que o empresário do SOUNDGARDEN violou o seu dever de cuidar dos melhores interesses dela.

O juiz Robert S. Lasnik tomará a decisão final sobre o caso legal.

Vicky e o SOUNDGARDEN têm lutado por royalties pelo álbum final não lançado da banda, que traz 07 músicas inéditas e que só faltaria incluir as gravações dos vocais de Chris Cornell, as quais estão retidas em posse da viúva.

Rumores também correm de que Vicky queria trazer o lendário produtor, Brendan O’Brien, para trabalhar neste álbum interrompido devido ao falecimento de Cornell, enquanto o SOUNDGARDEN se sentia desconfortável com Vicky, além de tudo, tentando se inserir nas decisões criativas e musicais da banda.

Vicky mantêm os arquivos das gravações demo dos vocais de Chris Cornell, enquanto o SOUNDGARDEN precisa dessas gravações para terminar o que será o 7º álbum de estúdio da banda.

Em tempo, a alegação do SOUNDGARDEN de que Vicky "manipulou mal e sem provas" o dinheiro arrecadado do show tributo a Chris Cornell em 2019, foi retirada dos processos judiciais em 2020 após uma ameaça de sanções por parte de Vicky - embora o advogado do SOUNDGARDEN disse na época que a banda acredita que a alegação "permanece muito bem fundamentada".





Comentários


Mais Recentes
Destaques
bottom of page