top of page
  • by Brunelson

Ritchie Blackmore: guitarrista do Deep Purple sobre como o Led Zeppelin moldou o seu som


Assim como a década de 60 estava prestes a se transformar na década de 70, uma nova revolução estava acontecendo na música rock.


As bandas estavam ficando mais barulhentas, mais sombrias e com riffs mais pesados. O poder dos amplificadores e dos pedais de distorção estavam começando a evoluir rapidamente e com o equipamento adequado em mãos, o heavy metal seria capaz de prosperar como um gênero próprio na década de 80.

E durante a década de 70 liderando o ataque na linha de frente estava um trio de bandas britânicas: BLACK SABBATH, LED ZEPPELIN e DEEP PURPLE.

O ex-guitarrista e um dos membros fundadores do DEEP PURPLE, Ritchie Blackmore, nunca teve vergonha de citar a influência do seu colega em seu som, o guitarrista do LED ZEPPELIN, Jimmy Page, mesmo que ele ocasionalmente acusasse o LED ZEPPELIN de roubar o seu som pegando de outros artistas.







“Fiquei impressionado com o LED ZEPPELIN”, explicou Blackmore uma vez em entrevista para a revista Classic Rock. “Eu queria fazer esse tipo de coisa e se não desse certo, iríamos tocar com orquestras pelo resto de nossas vidas. Então, nós fizemos isso e gravamos o álbum 'In Rock' (4º disco, 1970) que felizmente decolou. Nós gravamos de propósito daquela forma para que martelássemos todas as músicas e que não tivesse calmaria. Fiquei muito satisfeito porque nunca mais quis trabalhar com uma orquestra novamente”.

Blackmore está se referindo ao disco ao vivo da banda de 1969, "Concerto For Group and Orchestra", que contou com a colaboração do DEEP PURPLE junto com a Royal Philharmonic Orchestra de Londres, show este realizado no Royal Albert Hall, Londres. Blackmore havia saído dessa experiência desencantado com a direção que a banda estava tomando, onde procurou depois despojar e simplificar a sua música.

E a solução foi retirada das anotações do LED ZEPPELIN.

"LED ZEPPELIN... Eu gostei da abordagem difícil deles quando lançaram a música 'Whole Lotta Love' (2º disco, 'Led Zeppelin II', 1969)”, explicou Blackmore. “Eu imediatamente me sintonizei com esse tipo de estilo de som, porque antes, quando estávamos tocando com a orquestra, pensei: 'Algo está errado e não estou dando tudo o que posso'. Agradeço ao LED ZEPPELIN pela inspiração. Eles pegaram isso do guitarrista Jeff Beck, que pegou da banda SMALL FACES”.

“É estranho como todos viemos da mesma área”, disse Blackmore agora em entrevista para o documentário, "Ritchie Blackmore Story". Ele continuou: “Como eu disse, com Jimmy Page, ele estava na mesma vila que a nossa, quero dizer, é como uma vila nós chamamos, pois realmente nem mesmo era uma cidade. Eric Clapton estava apenas alguns quilômetros de distância e é claro que Jeff Beck estava em outra área, mas todos nós éramos da mesma idade".

“Eu sabia que Jimmy Page seria alguém, então, ele não era apenas um bom guitarrista, mas ele tinha aquela qualidade de estrela nele”, acrescentou Blackmore. “Havia algo nele onde era muito equilibrado e confiante. Ele era confiante, mas não arrogante, então, eu pensei: 'Ele vai chegar em algum lugar, ele sabe o que está fazendo'".

Blackmore finalizou, mostrando o seu apreço a Page e o respeito que Page tinha por ele: “Jimmy Page estava muito à frente da maioria dos guitarristas. Ele era muito bom e ele sabia que era bom na guitarra. Além disso, ele não era uma pessoa arrogante, mas estava muito confortável consigo mesmo. Em 1964 ou 1965, eu me encontrei com ele num estúdio e fizemos algumas sessões juntos. Uma delas foi com Jeff Beck junto com nós. Jeff fez o solo e todo mundo estava adorando o solo dele, foi quando percebi que eu estava tocando e Page estava olhando para as minhas mãos. Eu falei na hora pra ele: 'Por que você está olhando para as minhas mãos?' e ele me respondeu: 'Eu não sei onde estamos. Estou apenas seguindo os seus acordes'”.


Confira o áudio de estúdio da música "Black Night" do DEEP PURPLE. Esta canção foi lançada como single isolado em 1970 e somente mais tarde no relançamento do álbum "In Rock" para comemorar o aniversário de 25 anos, é que ela seria incluída no disco:

留言


Mais Recentes
Destaques
bottom of page