top of page
  • by Brunelson

Pete Townshend: "falei para o Pearl Jam não sair do palco e nem irem embora de Roskilde"


O guitarrista do THE WHO, Pete Townshend, foi entrevistado pela revista Mojo e falou um pouco sobre o vocalista do PEARL JAM, Eddie Vedder, além da banda em si.


Durante a conversa, o tema surgiu sobre as tragédias ocorridas em shows e como os fãs já sabem, PEARL JAM e THE WHO possuem muita coisa em comum e uma delas é a tragédia em show.

PEARL JAM viu uma tragédia acontecer na sua frente no Roskilde Festival, Dinamarca, em 30 de junho de 2000 (foto). Nove pessoas morreram durante o show.

THE WHO viu uma tragédia ocorrer em Cincinnati no dia 03 de dezembro de 1979, quando 11 pessoas morreram no Riverfront Coliseum.


Foi bastante devastador para os fãs e suas famílias nas duas situações.

Sobre este assunto, Townshend falou:

“Pra nós, tinha acontecido um pouco mais de 01 ano após a morte do nosso baterista, Keith Moon, então, foi um golpe duplo. Eu ainda estava muito fodido com isso... Quando o Roskilde Festival aconteceu com o PEARL JAM, eu tinha enviado uma mensagem de texto para Eddie Vedder: 'Não vá embora', e eles ficaram no palco (sem show) e acho que foi muito importante que eles fizessem aquilo".

Townshend foi perguntado se era o seu conselho o PEARL JAM ficar em Roskilde nos dias seguintes, conversar com as pessoas e lidar com isso. Ele respondeu, concluindo:

"Sim. Porque o que fizemos depois de Cincinnati é que fomos embora durante a tragédia e partimos da cidade na manhã seguinte, fomos para a cidade de Buffalo... Eu me lembro de subir ao palco e Roger Daltrey (vocalista) ter dito ao público de Buffalo – e devo deixar claro que eu estava perfeitamente apoiando o que Roger disse na época: 'Vamos tocar este show para o rock’n’roll e para as crianças de Cincinnati!' Foi apenas totalmente inapropriado, quero dizer, apenas errado. Você sabe, não deveríamos ter continuado a turnê e não deveríamos ter nos apresentado”.







Comments


Mais Recentes
Destaques
bottom of page