• by Brunelson

Audioslave: "tínhamos formado a banda para ser mais política ainda"


O guitarrista Tom Morello revelou que a ideia inicial de quando formaram o AUDIOSLAVE, era que fosse um grupo ainda mais político do que o RAGE AGAINST THE MACHINE - em recente entrevista para a revista Guitar World.

Seguem alguns trechos:

“Tivemos muita sorte com o AUDIOSLAVE. Foi a nossa convicção coletiva que, para uma banda encontrar a sua grandeza, ela precisa ser autêntica".


"Quando Tim Commerford (baixista), Brad Wilk (baterista) e eu originalmente formamos o AUDIOSLAVE com Chris Cornell em 2001, era a minha intenção que fosse uma banda ainda mais política do que o RAGE AGAINST THE MACHINE".

"Mas logo ficou claro que não era essa a direção que iríamos seguir... A principal diferença entre o RAGE AGAINST THE MACHINE e o AUDIOSLAVE não é a política. A música do RAGE AGAINST THE MACHINE é muito mais James Brown e baseada no rap, onde tudo se resume a um. Em todo o catálogo dos 04 álbuns de estúdio do RAGE AGAINST THE MACHINE, poderia haver zero mudança de acordes".

"Foi implacável, mas com o AUDIOSLAVE, para fornecer a Chris Cornell a interação harmônica que lhe permitiria tecer grandes melodias, tínhamos uma paleta sonora muito diferente. Você sabe, músicas como "I Am The Highway", "Like a Stone" ou "Be Yourself", eram baseadas em acordes e isso nos estimulou e gerou 03 álbuns emocionantes com a banda”.


Confira o videoclipe da canção "Be Yourself" (2º disco, "Out of Exile", 2005):


Mais Recentes
Destaques