• by Brunelson

Metallica: baterista responde o que vem escutando durante a quarentena


Em uma nova entrevista para a revista Rolling Stone, o baterista do METALLICA, Lars Ulrich, foi questionado sobre qual música ele estava se voltando pessoalmente durante a quarentena nestas últimas semanas.


Seguem alguns trechos:


"Eu diria que o álbum da artista Fiona Apple é simplesmente impressionante. No primeiro dia em que foi lançado, acho que fiquei sentado ouvindo por 03, 04 horas seguidas e sendo sincero, fiquei meio surpreso com o quão incomum e brilhante é, por não ser nada convencional".


"A cada poucos anos, há um álbum que sai e que apresenta um som diferente. Acho que o último disco do ARCTIC MONKEYS também apresentou um pouco do mesmo efeito, onde não é exatamente o que você espera e então você ouve e diz: 'Nossa, ainda é possível fazer algo musicalmente diferente, que pareça único, novo ou inesperado!'"


"Então, eu diria com certeza o álbum de Fiona Apple... Eu também amo o álbum solo de Ed O'Brien (guitarrista do RADIOHEAD). Assistimos um pouco do seu novo disco quando ele se apresentou num programa de auditório americano pela TV".


"Fora isso, acho que você também encontra muitos amigos antigos musicalmente. Provavelmente a música que eu mais ouvi nos últimos 02 ou 03 meses é do RAGE AGAINST THE MACHINE".


"Eu sou o único que acha que a música deles se torna cada vez mais relevante a cada dia? E mais ainda sobre o que está acontecendo no mundo, tipo, parece que todos os 04 álbuns de estúdio foram gravados na semana passada, sabe?"


"E quando estou fazendo os meus tristes exercícios físicos em casa, eu os coloco para tocar e penso: 'Caralho!' Apenas músicas como 'Calm Like a Bomb', 'Sleep Now in The Fire' ou 'Bombtrack' e tipo: 'Sério? Que porra é essa? De onde tudo isso vem?'"


"Portanto, RAGE AGAINST THE MACHINE é sempre um amigo confiável".

  • Facebook Social Icon
Mais Recentes
Destaques

2016 by RockInTheHead