• by Brunelson

Rage Against The Machine: Morello revela como foi a escolha do single "Killing in The Name&quot

Em uma nova entrevista para a rádio de Seattle, SriusXM, o guitarrista do RAGE AGAINST THE MACHINE, AUDIOSLAVE e PROPHETS OF RAGE, Tom Morello, revelou o nome do homem que assinou com eles e o PEARL JAM, o grande contrato que ajudou financeiramente as duas bandas.


O entrevistador mencionou que, no início dos anos 90, o RAGE AGAINST THE MACHINE havia assinado um contrato com uma grande gravadora, mas que se fosse nos dias de hoje, ele não tinha certeza se isso poderia acontecer novamente.


Morello respondeu, concordando: “Sem chance. Aquele foi o período fértil que o RAGE AGAINST THE MACHINE assinou com o mesmo cara que contratou o PEARL JAM, Michael Goldstone. Ele foi realmente o 5º Beatle no começo do RAGE AGAINST THE MACHINE".


“Quando entregamos o disco para ele, Goldstone nos disse: 'Queremos que o single seja a única canção com 16 'fuck yous' e 01 'filho da puta' nas letras, a música 'Killing in The Name'. E nós dissemos para ele: 'Bem, essa é uma abordagem muito diferente e você é meio que um punk rocker do RAGE AGAINST THE MACHINE, cara!'".


"No que diz respeito à aceitação comercial, nós éramos como o mainstream gostaria de ter por baixo das mangas, tipo, foi um tempo em que as gravadoras dariam grande licença para bandas que tinham pontos alternativos. Você sabe, não era chamada de música alternativa por nada - só porque era pesada - mas literalmente era um campo alternativo para as coisas que naquela época tinham um sentido comercialmente bem sucedido”.


Confira o videoclipe da canção "Killing in The Name", lançada no álbum de estreia do RAGE AGAINST THE MACHINE (homônimo, 1992):

  • Facebook Social Icon
Mais Recentes
Destaques

2016 by RockInTheHead