Smashing Pumpkins: o que a banda adquiriu com o fim do Nirvana?

September 28, 2018

 

Os membros originais do SMASHING PUMPKINS, Billy Corgan (frontman), James Iha (guitarrista) e Jimmy Chamberlin (baterista), foram entrevistados pelo radialista Zane Lowe, do programa Beats 1, e durante a entrevista, Corgan revelou que a sua banda havia sido promovida a headliner do Lollapalooza Festival em 1994, após a morte de Kurt Cobain.

 

Zane Lowe: Eu me lembro de vocês fazendo a turnê européia do álbum "Siamese Dream" (2º disco, 1993) e vocês estavam detonando, cara! Quero dizer, estavam tocando muito rápido e furiosamente as músicas, apenas fodendo com tudo... Tipo: "Vocês acham que somos idiotas? Vocês acham que não entendemos o que está acontecendo aqui? Bem, é assim que vamos responder". E parecia que tudo iria sair fora do controle em algum momento.

 

Billy Corgan: Sim, queimamos a casa abaixo e foi o que realmente aconteceu.

 

 

Zane: Tempos loucos, cara...

 

Billy: Nós pegamos o mandato do grunge e meio que passamos por aquilo nos tornando mais um entre eles. É fácil falar agora, mas na época tudo foi sentido realmente dessa forma. Você tinha aquela geração de pessoas que queriam se libertar. Era uma geração que estava saindo de um tempo muito reprimido.

 

 

Zane: Sim.

 

Billy: As pessoas não falavam sobre abuso sexual em público. Na verdade, as pessoas não falavam sobre muitas outras coisas em público, então, nós éramos a 1ª geração que estava trazendo essas coisas para o mainstream e o mainstream estava muito desconfortável com o quão anárquico era. E então, nós andávamos no palco e tocávamos, literalmente para 60 mil pessoas com o público fazendo moshes, apenas perdendo a cabeça e cantando cada palavra.

 

 

Zane: A pura fissura beligerante disso tudo, cara, se transformou em musicalidade e era como... Estava tendo um lugar para aquilo tudo.

 

Billy: E a apoteose de tudo isso foi no Lollapalooza Festival/1994, que meio que nos mandou adentrar em algumas canções do álbum "Mellon Collie and The Infinite Sadness" (3º disco, que só seria lançado em 1995), porque lá estávamos nós, certo? Éramos o headliner do festival e originalmente, não podemos esquecer, era para ter sido o NIRVANA o headliner, mas isso obviamente não aconteceu e nós viramos o headliner com grandes bandas ao nosso lado, como o BEASTIE BOYS, por exemplo.

 

Billy: Então, tudo bem, éramos o headliner o que se tornou historicamente o maior Lollapalooza de todos os tempos. E lá estavam todas as grandes bandas, assim como os jogadores de futebol que intimidam os seus rivais nos corredores antes de entrar no campo, mas todas as outras bandas eram muito legais umas com as outras, porque foi uma onda, certo? Vamos apenas pegar essa onda.

 

 

Zane: Sim.

 

Billy: Não olhávamos para aquilo como, tipo, você é o inimigo. Estávamos lá para receber cada grupo e hoje em dia, reconheço bandas que se recusam a assistir a outro grupo ou se encontrar com a banda depois de um show. 

 

Billy: Voltando à sua pergunta inicial, naquela turnê européia fizemos 43 shows... Na verdade, 01 show foi cancelado devido à chuva, então, 42 vezes eu peguei o microfone e mandamos a ver.

 

 

Zane: Sim... E você, James? Como você se sentiu na época?

 

James: Eu não me lembro disso.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

  • Facebook Social Icon
Mais Recentes

Chris Cornell: radialista Howard Stern publica vídeo inédito com performance da música "Imagine"

November 20, 2019

1/5
Please reload

Destaques
Please reload

2016 by RockInTheHead