• by Brunelson

Nirvana:"quando Kurt alcançou a fama, ele odiou"


O baixista do NIRVANA, Krist Novoselic, foi entrevistado pela revista Kerrang e falou sobre Kurt Cobain querendo estar na maior banda do mundo.


Jornalista: Quando eu entrevistei o NIRVANA em 1989, você e Kurt falaram que gostariam de estar na maior banda do mundo. É isso o que você realmente sente hoje?


Krist Novoselic: Eu acho que Kurt sentia isso mais do que eu. Ele conseguiu chegar lá e quando viu o que era, ele odiou. Kurt sempre foi assim, ele girava muito as coisas ao seu redor e isso acontecia o tempo todo.



Jornalista: Parece haver uma ideologia a partir daquela época que você ainda leva e que ressoa em novas audiências...


Novoselic: Eu espero que sim. É anarquismo, cara... Nós saímos dessa cena punk rock, depois assinamos com uma grande gravadora e aquilo também foi muito legal, sabe? Para nos conectarmos ao sistema centralizado, tivemos que entrar naquele ambiente hostil, tipo, na rádio, MTV e revistas. Nós nos justificamos, colocando a letra "A" de anarquia nas camisas das líderes de torcida no vídeo clipe da canção "Smells Like Teen Spirit". Esta foi a nossa maneira de lavar as mãos referente ao que tínhamos acabado de fazer. Estávamos tentando dizer: "Se conseguirmos toda esta exposição, esperamos que a gente possa adotar os nossos valores e mudar o mundo".



Jornalista: Quando o NIRVANA acabou, você havia formado uma banda chamada SWEET 75. Como você vê esse grupo agora?


Novoselic: Era muito diferente do NIRVANA e no final não deu muito certo... Para ser honesto, foi totalmente ridicularizado. Em alguns momentos daquele álbum fomos auto-indulgentes, mas também houve bons momentos.

  • Facebook Social Icon
Mais Recentes
Destaques

2016 by RockInTheHead