Foo Fighters: "ainda não é uma coisa natural ser frontman da banda"

April 9, 2018

Dave Grohl falou sobre os primeiros dias do FOO FIGHTERS em uma recente entrevista para o site Louder Than Sound. Ele discutiu sobre a 1ª fita demo do homônimo álbum de estréia em 1995 e por que ainda não é "natural" para ele ficar na frente de uma banda, em comparação de quando era baterista do NIRVANA com Kurt Cobain no comando.

 

A reação à fita foi rápida. "Eu recebia telefonemas da Virgin, RCA, MCA, Columbia, Capitol ou qualquer outra gravadora". No final, Grohl assinou com a Capitol Records, depois de ser cortejado pelo presidente Gary Gersh, que era o homem de relações públicas da Geffen Records - a gravadora do NIRVANA.

 

Gravar todos os instrumentos no estúdio era uma coisa, mas até mesmo o talentoso Dave Grohl não poderia tocá-los todos ao vivo. Para isso, ele precisaria de uma banda... Depois de garantir o baixista Nate Mendell e o baterista William Goldsmith no grupo - da também banda de Seattle, SUNNY DAY REAL ESTATE - Dave deu a fita ao guitarrista Pat Smear, o cara que tinha entrado como 2º guitarrista no NIRVANA.

 

Dave continuou: "Depois que Pat escutou a fita, ele me disse: 'Deus! Essa coisa é realmente demais!'", gritou Dave em sua melhor imitação de Pat Smear. "Eu falei: 'Sério?' E Pat respondeu: 'Eu amo isso!'"

 

"Eu falei: 'Nossa, obrigado, cara... Nós estamos procurando por um guitarrista'. Pat disse: 'Eu topo tocar guitarra'. Eu não me acreditei na hora, porque ele é o cara mais legal do mundo, sabe? Pat era o guitarrista do THE GERMS e ele era ótimo no NIRVANA, então eu pensei que ele não iria curtir essa estúpida fita demo”.

 

Com uma banda montada o FOO FIGHTERS começou a ensaiar, mas o papel do vocalista era novo e desconfortável para Grohl: “Levantar-se da bateria e ir lá na frente cantar uma música com uma guitarra em volume de trituração, não parecia uma coisa natural para mim... Ainda não parece".

 

Ele também encontrou a experiência em realizar o seu próprio material, em contraste distinto ao de tocar com o NIRVANA: “É um sentimento diferente quando você está cantando palavras que você escreveu e tocando as músicas que você compôs. É muito mais pessoal..."

 

Confira o áudio da canção "Good Grief", lançada no álbum de estréia do FOO FIGHTERS:

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

  • Facebook Social Icon
Mais Recentes

Grunge: Top 50 melhores álbuns pela Revista Rolling Stone - nº 19

September 30, 2020

1/5
Please reload

Destaques
Please reload

2016 by RockInTheHead