Stone Temple Pilots: "ingressos esgotados e Gutt sabia improvisar e compor"

April 3, 2018

O baterista do STONE TEMPLE PILOTS, Eric Kretz, foi recentemente entrevistado pelo site Power 97 e sarcasticamente sugeriu dar prêmios aos haters da internet, dentre outros assuntos.

 

Seguem somente algumas perguntas dessa entrevista:

 

Jornalista: Qual a sua reação referente às novas músicas da banda com o novo vocalista, Jeff Gutt?

 

Eric: Tem sido ótimo! Nós acabamos de fazer uma turnê de 03 semanas na parte oeste dos EUA e todos os shows tiveram os ingressos esgotados, com a platéia gritando a sigla da banda, STP, tão alto quanto podiam, sabe? Eles estavam cantando não apenas as músicas mais antigas, mas também os 02 singles do novo álbum que foram as canções "Meadow" e "Roll Me Under". Vendo as pessoas cantando cada palavra de nossas músicas, tirando fotos com Jeff lá na frente do palco e apenas comemorando o ressurgimento de tudo isso, foi realmente maravilhoso para todos nós. Foi maior do que eu esperava, sabe? Todos nos sentimos muito lisonjeados durante toda a turnê e em cada show que apresentamos. Uma cidade em particular que fizemos um show, em Boise/Idaho, meu Deus! Eu tive que tapar os meus ouvidos em certos momentos, porque eles estavam gritando muito alto e foram fantásticos! Ver o entusiasmo da platéia pelas novas músicas também foi emocionante, sabe? É legal ver o entusiasmo de todos, numa época em que as pessoas têm muitas opiniões sobre as coisas, o público vinha até nós e diziam: "Eu só quero ver 04 caras tocando rock and roll!" E cara, nós apenas fizemos o melhor que podíamos e foi muito bom e emocionante ver a reação da plateia.

 

 

Jornalista: Você acha que o STONE TEMPLE PILOTS tem algo a provar para os pessimistas que pensam que vocês não devem continuar com um novo vocalista?

 

Eric: Eu diria que sim e não. Sendo um artista, você sempre quer provar para as pessoas que pode alcançar grandes feitos e sempre quer se superar referente ao último disco lançado, então, isso faz parte do lado interno e pessoal de cada um da banda. No que diz respeito a alguns haters da internet, eles sempre estarão lá, sabe? Eles são hilários e eu acho que deveriam começar a distribuir prêmios para alguns deles, porque eles podem ser bastante criativos negativamente com o seu ódio interno, não apenas para nós da banda, mas para qualquer fã que se pronuncia. Eventualmente, é muito legal porque com a música você pode simplesmente deixar a música falar por si própria, onde algumas pessoas apenas nos criticam respeitosamente, sendo que há outras que ouviram o álbum novo e falam: "Nossa! Este disco é muito bom e realmente se encaixa na história da banda... Eu acho que vou conferir eles ao vivo". Estas pessoas vieram para os nossos shows e como eu disse, todos as nossas apresentações tiveram os ingressos esgotados. Os ingressos foram vendendo naturalmente... Estou muito feliz que a banda está se movendo e indo tão bem quanto está se apresentando também.

 

 

Jornalista: A banda documentou o processo de audição para a escolha do novo vocalista?

 

Eric: Sim, nós tivemos uma equipe de filmagem registrando tudo e em algum momento isto verá a luz do dia... Alguns registros são de muito respeito, porque algumas das pessoas que fizeram o teste eram simplesmente incríveis. Alguns pareciam ótimos, pelo menos até o momento de submissão... Já outras que entraram no estúdio para o teste, nós da banda nos olhávamos e pensávamos, tipo: "Meu Deus! Como você chegou até aqui?”. Algumas pessoas estavam realmente nervosas ou simplesmente não estavam preparadas para o tanto de volume e responsabilidade a ser jogado nelas, sabe? Foi um longo processo e então houve muitas, muitas horas ouvindo os materiais enviado pelos candidatos, mas eu diria que a maioria desses materiais foram encaminhados para nós por amigos no ramo musical. Nós tocamos com alguns cantores extremamente talentosos, mas infelizmente não eram os caras certos para a banda, sendo que Jeff derrotou todo mundo em todas as áreas, especialmente no processo de composição. O novo álbum mostra do que ele é capaz quando está junto com o grupo certo de músicos.

 

 

Jornalista: Quais os outros motivos por terem escolhido Jeff Gutt como o novo vocalista?

 

Eric: Ele se encaixou naturalmente na banda. Ele pode cantar o catálogo do grupo de uma forma excelente e a sua voz é naturalmente semelhante ao que as nossas músicas das antigas soam. Não é como alguém tentando imitar Scott (falecido vocalista original), é que a sua voz está naturalmente alinhada com a voz de Scott das antigas, sabe? Então, quando chegou no momento de apresentar as canções novas para Jeff - toda vez que nos reuníamos numa sala ou estúdio - a gente começava a compor novas músicas e as coisas começaram a aparecer naturalmente, sendo que ele foi um dos poucos candidatos que instantaneamente começaram a representar a melodia vocal. Ele nos dizia coisas, do tipo: "Hey, nós deveríamos mudar essa parte aqui". "Que tal fazer um acorde novo bem aqui?" "Esta melodia deveria subir o tom bem aqui". Então, ele estava instantaneamente colaborando conosco e infelizmente muitos candidatos não conseguiam fazer isso. Eles podem ter praticado naquilo que fazem muito bem, mas quando se trata de improvisar ou escrever algo novo naquela hora, algumas pessoas não tinham a bagagem para aquilo, sabe? Jeff tinha uma infinidade disso e estava colaborando com tudo o que apresentamos a ele. Foi aí que ele se destacou acima de todos os outros.

 

Confira mais 01 performance do STONE TEMPLE PILOTS na rádio KROQ de Los Angeles, realizada agora no final de Março/2018. O vídeo abaixo é da música "Trippin' on a Hole in a Paper Heart" e foi lançada no 3º álbum de estúdio em 1996, "Tiny Music... Songs From The Vatican Gift Shop":

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

  • Facebook Social Icon
Mais Recentes

Ramones: assista a entrevista da banda na TV americana em 1988

June 5, 2020

1/5
Please reload

Destaques
Please reload

2016 by RockInTheHead