• Estácio S. Filho

Foo Fighters: Dave Grohl chorando ao falar sobre Chris Cornell


Os membros do FOO FIGHTERS, Dave Grohl (frontman) e Taylor Hawkins (baterista), falaram sobre os suicídios de Chris Cornell e Chester Bennington em uma nova entrevista para a rádio The Rock FM. Segue alguns trechos:

Grohl falou: "Quando se trata de alguém como Chris Cornell ou Chester, a depressão é uma doença, sabe? Cada pessoa lida com isso da sua própria maneira... Eu não consigo falar sobre a condição de outra pessoa, mas a parte mais difícil é quando você perde um amigo. Eu sempre penso imediatamente em suas famílias e colegas de banda, porque passar por algo como o suicídio é uma longa estrada. Chris era um cara tão lindo, era a pessoa mais doce que eu já conheci, ele era tão talentoso e ainda tinha muito a oferecer”.

“Foi um verdadeiro choque saber que ele havia falecido. Eu acho que a saúde mental e a depressão são algo que as pessoas devem levar a sério. Ficará um estigma ligado a ele, o que é lamentável... Assim como você cuida dos seus entes queridos do seu próprio jeito, eu acho importante que as pessoas realmente tentem cuidar de si mesmas também dessa mesma maneira. Não é fácil, cara... A vida é difícil".

Taylor Hawkins disse: "Como você falou, as pessoas precisam estar juntas para lidar com isso. Apenas lhe mostra que não importa o quanto você possui em sua conta bancária, ou quantos hits estão na sua página do YouTube e todo esse tipo de porcaria, tudo acaba vazando pela janela se, como Dave disse, você não está se sentindo bem consigo mesmo. Saber que não irei mais ouvir Chris Cornell fazendo outro álbum é a minha versão egoísta, porque há uma dor maior além das minhas próprias razões egoístas. Eu mal o conheci, um pouco só, mas pelo o que eu sei ele era super legal. Não conhecia muito bem Chester, mas conhecia Chris um pouco e Dave também o conhecia".

Ele acrescentou: "Lembro-me muito bem quando entrei na banda com Dave e eu tocando os riffs do SOUNDGARDEN juntos. Eu me lembro de quando estávamos gravando o nosso 3º álbum de estúdio, ‘There is Nothing Left to Lose’ (1999), com o mesmo cara que gravou e produziu alguns dos álbuns do SOUNDGARDEN (Adam Kasper), e nós apenas ainda iremos escutar muito os seus discos... Eles foram uma grande inspiração para nós como músicos e Chris Cornell era apenas um mestre. A perda é devastadora, mas como Dave disse, é uma coisa real para se lidar. Cuide de si mesmo e se você perceber alguém que está para baixo ou depressivo, vá lá e converse com esta pessoa".

  • Facebook Social Icon
Mais Recentes
Destaques

2016 by RockInTheHead