Nirvana: engenheiro de som falando sobre os shows no Brasil em 1993

September 1, 2017

 

Craig Montgomery, engenheiro de som das performances ao vivo e de estúdio do NIRVANA entre os anos de 1989 a 1993, recentemente foi entrevistado pelo AMA Reddit. Abaixo estão alguns trechos:

 

 

Pergunta: Você acha que Kurt Cobain se matou? Sendo alguém tão próximo dele, qual foi a 1ª coisa que passou pela sua mente quando ouviu aquela trágica notícia?

 

Craig: Sim, ele se matou. Meu 1º pensamento foi: "Ah, não, ele finalmente conseguiu". Ele já vinha manifestando pensamentos suicidas enquanto eu o conhecia.

 

 

Pergunta: Quanto mais difícil ficou de cuidar do som nos shows, se comparando aos clubes e quando tocaram em estádios de futebol no Brasil em Janeiro/1993? E aproveitando o gancho, o show realizado em São Paulo é altamente cobiçado pelos fãs mais assíduos da banda, devido à natureza desta apresentação. Felizmente, uma porção considerável desta performance apareceu há uns 03 anos atrás na internet... Você tem alguma lembrança desse show em particular e como o colapso evoluiu? Você simplesmente abandonou a sua função na mesa de som, largou mão e deixou a performance rolar?

 

Craig: Os shows nos estádios foram realmente divertidos para se trabalhar! Sinceramente, não foi menos ou mais difícil do que qualquer outro show e é divertido ter tanto poder na ponta dos dedos! Alguns anos atrás, Jack Endino (lendário produtor de Seattle) e eu estávamos escutando novamente estes shows no Brasil e estávamos rindo de como eles soaram terríveis. Por muitas razões, a banda não estava na mesma vibe de sempre... O show em São Paulo foi um desleixo total para mim, porque eu poderia ter uma ótima mixagem a fazer, mas você só pode mixar o que a banda está tocando.

 

 

Pergunta: Você já viu o documentário “Montage of Heck” e o que você achou?

 

Craig: Eu fui à estréia de “Montage of Heck”. Gostei da idéia do diretor deixar a arte de Kurt falar por si mesma. Não ficou parecendo um documentário”.

 

 

Pergunta: Quais foram as suas músicas favoritas para trabalhar e mixar?

 

Craig: Eu gostei de muita coisa do álbum de estréia, “Bleach” (1989). Canções como “Blew”, “Floyd The Barber”, “About a Girl”... Então, com o 2º disco (“Nevermind”, 1991) surgiram as músicas “Smells Like Teen Spirit” e “Come as You Are”. A canção “On a Plain” foi provavelmente a minha favorita do álbum “Nevermind”, devido a harmonia e sempre me senti seguro em cuidar da parte do baixo de Krist Novoselic nesta música.

 

 

Confira o áudio da canção "On a Plain" logo abaixo:

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

  • Facebook Social Icon
Mais Recentes

Chris Cornell: radialista Howard Stern publica vídeo inédito com performance da música "Imagine"

November 20, 2019

1/5
Please reload

Destaques
Please reload

2016 by RockInTheHead