Chris Cornell: podemos dizer que ele é o atual rei do grunge?

March 22, 2017

 

Se há alguém que merece o título atual de "Rei do Grunge", é Chris Cornell.

 

Talvez uma das vozes mais distinguíveis na história do rock’n roll, o vocalista/guitarrista do SOUNDGARDEN superou os seus contemporâneos de várias maneiras. Vamos ver o por quê:

 

 

O seu alcance vocal

 

Primeiro e acima de tudo, o timbre da sua voz. É incrivelmente extensa e está implementada em muitas de suas canções por rosnar profundamente em altas escalas. A música, "Beyond The Wheel", lançada no 1º álbum de estúdio do SOUNDGARDEN, “Ultramega OK” (1988), é um ótimo exemplo disso - especialmente a versão ao vivo. Enquanto que Kurt Cobain, Eddie Vedder, Scott Weiland e Layne Staley foram as outras principais vozes de assinatura da era do grunge - e todos apresentando os seus próprios estilos distintos de vocais – a nitidez e o alcance vocal de Cornell fazem dele o mais extraordinário de todos.

 

 

 

As suas letras

 

Não só ele é um cantor excepcional, mas um talentoso e poético compositor. De questões sociais a doces canções sobre a sua filha e família, nenhum de seus versos soa forçado ou absurdo como muitos outros cantores. Uma música como exemplo seria a canção, "Like a Suicide", lançada no 4º álbum de estúdio do SOUNDGARDEN, "Superunknown" (1994).

 

 

 

A 1ª banda que abriu a porta do grunge

 

Chris Cornell obteve sucesso em múltiplos projetos. Ele fundou o SOUNDGARDEN em meados da década de 80 e apenas alguns anos depois, eles foram o 1º grupo do grunge a assinar com uma grande gravadora - tornando-os a 1ª banda que estabeleceu a cena grunge de Seattle, ao contrário dos argumentos de muitos fãs do NIRVANA (o NIRVANA foi o grupo que realmente chutou a porta do mainstream em 1991, para que outras bandas obscuras pudessem sair do bueiro). Antes disso, em 1990, Cornell também formou o TEMPLE OF THE DOG com a galera do PEARL JAM, para homenagear o amigo falecido, Andy Wood (ex-vocalista do MOTHER LOVE BONE). Eles lançaram somente 01 álbum de estúdio em 1991, e que leva o mesmo nome da banda.

 

 

 

O seu 2º ato com o AUDIOSLAVE

 

Após 05 álbuns de estúdio, o SOUNDGARDEN havia encerrado as suas atividades em 1997 e Cornell prosseguiu em carreira solo. Ele lançou o disco, “Euphoria Morning” (1999), e depois, em 2001, fundou o super grupo AUDIOSLAVE com os membros do RAGE AGAINST THE MACHINE. A vibe geral do AUDIOSLAVE não era tão escura quanto a do SOUNDGARDEN, mas era enérgica com um rock agressivo. Cornell utilizou muito mais distorções no seu vocal para dar ao som um estilo mais cru, como é possível escutar em canções como "Cochise" (música que abre o 1º álbum, “Audioslave”, 2002). Os riffs e os seus vocais icônicos estabeleceram o AUDIOSLAVE como uma das bandas mais populares dos anos 2000. Eles lançaram 03 ótimos discos antes de encerrarem as atividades em 2007... Com o retorno da banda aos palcos em Janeiro/2017, esperamos mais histórias para vivenciar junto com este super grupo.

 

 

 

Ele ainda está em evidência

 

Após a separação do AUDIOSLAVE em 2007, Cornell lançou mais 02 discos solo e 01 álbum ao vivo, que contou com as suas performances solo acústicas - e que ele ainda faz até hoje. O SOUNDGARDEN se reuniu em 2010 e logo saíram em turnê. Em 2012, vimos o lançamento do 6º álbum de estúdio do SOUNDGARDEN, o ótimo “King Animal”.

 

Desde 2015, Chris Cornell tem feito mais para o rock do que qualquer músico em anos. Ele liderou o show do MAD SEASON em Seattle junto com a orquestra da cidade - substituindo o saudoso Layne Staley. Também em 2015, ele lançou outro disco solo viajando bastante pelo mundo afora divulgando-o, até que ele entrou em turnê com o TEMPLE OF THE DOG em 2016 para homenagear os 25 anos do seu único álbum de estúdio. Com apenas 08 datas nos EUA, a 1ª turnê na história do TEMPLE OF THE DOG teve todos os ingressos vendidos em minutos.

 

Além disso, uma série de performances do SOUNDGARDEN como headliner em festivais americanos e europeus foram anunciadas para o ano de 2017, ao lado de bandas como o METALLICA, DEF LEPPARD e KORN.

 

E finalmente, o SOUNDGARDEN planeja lançar um novo álbum de estúdio no final de 2017.

 

Chris Cornell explorou vários estilos de música rock ao longo de sua carreira, e ele deixou claro que ainda não terminou. Com mais de 50 singles lançados aos 52 anos de idade, a sua voz - que ainda está forte - prova que ele é o rei atual do grunge.

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

  • Facebook Social Icon
Mais Recentes

Prophets of Rage: fãs concedem as suas opiniões sobre o "fim" do grupo

November 18, 2019

1/5
Please reload

Destaques
Please reload

2016 by RockInTheHead