top of page
  • by Brunelson

Temple of The Dog: "poderíamos ter mudado a história do rock"


Um supergrupo de rock pode vir se tornar uma das coisas mais poderosas na música. Se feito corretamente, pode fornecer um dos sentimentos mais transcendentes ao meio, já que bandas como CREAM e exemplos mais modernos como o THEM CROOKED VULTURES e VELVET REVOLVER, variaram de extremamente populares a clássicos ao longo do tempo e décadas.

Outro exemplo brilhante é o TEMPLE OF THE DOG, o supergrupo que contou com os membros do SOUNDGARDEN e PEARL JAM - Eddie Vedder, Chris Cornell, Matt Cameron (baterista do SOUNDGARDEN, no PEARL JAM desde 1998), Jeff Ament, Stone Gossard e Mike McCready (baixista e guitarristas do PEARL JAM).

Durante uma recente entrevista ao ex-apresentador da MTV, Matt Pinfield, em seu programa de rádio, Stone Gossard falou sobre o TEMPLE OF THE DOG e os ensaios da banda em 1990/1991, antes de fazer uma grande declaração: que ele teria largado tudo para fazer mais trabalhos com o TEMPLE OF THE DOG e elaborado ainda mais, crendo que o TEMPLE OF THE DOG poderia ter sido uma das maiores bandas na história do rock.

Segue somente esse trecho da entrevista:

Radialista: Ao gravar o único álbum homônimo do TEMPLE OF THE DOG (1991), antes, Eddie Vedder fez alguns ensaios com vocês cantando a música "Hunger Strike". Foi aqui que ele e Chris Cornell cantaram juntos e gerou esse momento único. Vocês ensaiaram algumas vezes antes de gravar esta canção e fale sobre esse momento mágico, porque foi irreal e ainda há aquela história sobre Eddie Vedder, totalmente tímido, caminhando até Chris Cornell depois que ele o viu lutando para terminar de gravar aquele vocal na música "Hunger Strike"... Qual foi a sensação naquele dia?

Stone Gossard: Você sabe, eu não conheço a história sobre quais eram as conversas antes de Eddie ser convidado a participar desta canção. Eu tinha entendido que Chris tinha convidado Eddie para entrar no estúdio e cantarem juntos. Eles devem ter tido algumas conversas antes... Mas foi um borrão na minha memória, quero dizer, honestamente, gravamos esse disco muito rápido, tipo, cheguei um dia no estúdio e acho que Eddie já tinha acabado de gravar os vocais, nós ouvimos e dissemos: "Nossa! Isso é ótimo pra caralho! Vamos fazer mais disso, seja lá o que for”.

Gossard: Sabe, eu teria largado tudo naquela hora e acabaria entrando no TEMPLE OF THE DOG... Por que não? Eddie e Chris, juntos, poderíamos ter sido a maior banda de todos os tempos.

Gossard: TEMPLE OF THE DOG continuando e iria substituir o PEARL JAM. Essencialmente, se tornaria no PEARL JAM mais Chris Cornell, e poderíamos ter mudado a história do rock.


Como todos sabem, TEMPLE OF THE DOG foi formado em homenagem/tributo a Andrew Wood, falecido vocalista do MOTHER LOVE BONE. Esta banda também contava com Jeff Ament no baixo e Stone Gossard na guitarra, e Wood dividia o mesmo apartamento com Chris Cornell.


PEARL JAM viria se formar das cinzas do MOTHER LOVE BONE.


Em 2016, TEMPLE OF THE DOG se reuniu para fazer 08 shows nos EUA e se tornou na 1ª turnê da banda em sua história.


Nas entrevistas na época, estava sendo dito que havia interesse em fazer mais turnês e até de gravar um 2º álbum de estúdio...


"Hunger Strike"




Comentarios


Mais Recentes
Destaques
bottom of page