• by Brunelson

Soundgarden: guitarrista cita as suas músicas preferidas da banda


O guitarrista do SOUNDGARDEN, Kim Thayil, insinuou o relançamento de um novo box set em uma nova entrevista ao programa Lifeminute.


* Kim Thayil: "grunge também incluía o Smashing Pumpkins e Stone Temple Pilots"


* Soundgarden: guitarrista descreve os eventos que levaram o grunge ao mainstream


* Soundgarden: "é provável que Matt, Ben e eu, ainda iremos fazer um som juntos"

SOUNDGARDEN está a apenas 02 anos do seu 40º aniversário, então, seria um bom momento.

Dentre vários assuntos, Thayil disse que a sua antiga namorada tinha uma guitarra e foi ela quem lhe ensinou alguns acordes e o deixou praticar até que ele comprasse a sua própria guitarra. Thayil disse que ele aprendeu a se desenvolver na guitarra observando outros guitarristas tocando e apenas descobrindo como fazer os sons que eles faziam.

A sua mãe era professora de música e ele disse que estava feliz por estar envolvido na música. Já o seu pai desconfiava do seu foco na música até ver o seu filho se apresentando com o SOUNDGARDEN na TV.

Quando Kim Thayil se juntou ao baixista Hiro Yamamoto e ao vocalista/baterista Chris Cornell em 1984, eles escreveram 05 músicas juntos nos primeiros dias de ensaio. Thayil lembrou que essa foi a situação mais fácil e inventiva em que ele já tinha estado até aquele momento. Se não fosse por Hiro e Chris, ele disse que ainda poderia ter ficado soando somente como o AC/DC ou RAMONES, porque foram os seus companheiros do SOUNDGARDEN que o fizeram explorar sons diferentes na guitarra.

Thayil também disse que a chegada do baixista Ben Shepherd à banda em 1990, revitalizou o que eles estavam perdendo desde que Hiro havia saído.

Ele disse que o álbum favorito do SOUNDGARDEN para ele era o 1º EP do grupo, "Screaming Life" (1987), sendo que esse é o disco preferido do baterista Matt Cameron, mas que agora o seu álbum favorito da banda é "Badmotorfinger" (3º disco, 1991).

Já as suas músicas favoritas do SOUNDGARDEN dependem de dizer, se ele está tocando para uma multidão ou apenas escutando em casa. Ele mencionou a canção "Slaves and Bulldozers" sendo divertida de tocar para o público (do disco "Badmotorfinger").

Outras músicas que ele gosta são "Beyond The Wheel" (1º disco, "Ultramega OK", 1988), "Limo Wreck" (4º disco, "Superunknown", 1994), "Blood on The Valley Floor", "Non State Actor" (ambas do 6º disco, "King Animal", 2012) e "Switch Opens" (5º disco, "Down on The Upside", 1996), as quais ele sente que são canções ignoradas pelos fãs.

Kim Thayil foi perguntado sobre as músicas inéditas do SOUNDGARDEN com Chris Cornell cantando e que estavam sendo gravadas para o vindouro 7º álbum com lançamento previsto para o final de 2017. Pelo fato destas canções estarem envolvidas num processo judicial da banda contra a viúva de Cornell (que está estrovando o lançamento das mesmas), ele não quis entrar no assunto, porém, Thayil disse que existem gravações ao vivo e versões alternativas de músicas que fortaleceriam um box set de relançamento.

Para finalizar, Thayil disse que às vezes pensa em tocar com outras pessoas, mas que ele naturalmente adota o som do SOUNDGARDEN na sua guitarra e fica estranho pra ele não ter Chris Cornell cantando ou não ter Matt Cameron tocando bateria e Ben Shepherd tocando baixo.


"Slaves and Bulldozers"


"Beyond The Wheel"


"Limo Wreck"


"Switch Opens"


"Blood on The Valley Floor"


"Non State Actor"


  • Facebook Social Icon
Mais Recentes
Destaques