• by Brunelson

Pete Townshend: quando viu um show de Jimi Hendrix pela 1ª vez


O guitarrista Pete Townshend é uma das pessoas mais francas que você pode conhecer. Com a sua língua afiada, ele aterrissou como o cérebro criativo por trás do THE WHO gerando adversidades com mais pessoas do que podemos imaginar.

E uma pessoa que foi um dos poucos afortunados que conseguiram escapar de sua famosa ira, foi Jimi Hendrix. Um ser humano criativo que mesmo para os elevados padrões de Pete Townshend, era um talento de outro mundo e que o surpreendeu desde que tinha visto o 1º show dele.

Quando um desconhecido Jimi Hendrix chegou a Londres em 1966, THE WHO já era uma estrela e não estava mais envolvido na cena dos pequenos clubes da capital da forma tão intensa quanto era no início, um fator que fez com que os seus caminhos raramente se cruzassem durante esse período, não permitindo que eles fossem mais próximos do que eram com outros dos seus contemporâneos.


* Jimi Hendrix: a repercussão que causou quando chegou na cidade de Londres em 1966


* Jimi Hendrix: relembrando 1ª turnê e show em 1966

Embora eles não passassem muito tempo juntos, isso não impediu Pete Townshend de admirar Jimi Hendrix. Talvez a colisão mais notável entre os dois tenha ocorrido no Monterrey Pop Festival/EUA em 1967, quando Townshend e Hendrix participaram de uma lendária jam session nos bastidores para ver quem se apresentaria depois do outro no festival.

Mesmo Jimi Hendrix tendo nascido nos EUA, ele foi misturado com artistas britânicos que haviam sido contratados para se apresentaram no Monterrey Festival e o show foi uma oportunidade para Hendrix estourar nos EUA - o que ainda não tinha acontecido da mesma forma que foi na Europa.

Townshend não conseguia pensar em nada pior do que se apresentar antes de Jimi Hendrix nesse festival, pois ele já tinha visto o talento visceral de Hendrix pela 1ª vez num show que presenciou em Londres e sabia que as expectativas do público seriam altíssimas para ver Hendrix se apresentar em seu próprio país.

Então, Townshend encarregou a sua banda de realizar uma apresentação que “deixaria uma ferida” no público americano. O guitarrista do THE WHO mais tarde lembrou numa entrevista desse encontro icônico nos bastidores do festival: “Eu ouvi Roger Daltrey (vocalista do THE WHO) falar sobre isso como uma jam session que aconteceu no camarim junto com Jimi Hendrix, mas não foi uma jam session. Era apenas Jimi em uma cadeira tocando comigo e querendo me dizer: 'Não se mete comigo, seu merdinha'”.


* The Who: "vamos deixar uma ferida" sobre apresentação no Monterey Pop Festival em 1967


Em vez disso, eles teriam que resolver as coisas da maneira antiga para saber quem tocaria depois de quem, jogando a sorte na moeda.

THE WHO ganhou a aposta e teria a oportunidade de fechar o festival logo depois da apresentação de Jimi Hendrix, mas Townshend estava realmente certo em se preocupar com Hendrix, já que o maior guitarrista de todos os tempos roubaria totalmente o foco do festival.

Testemunhar Jimi Hendrix no Monterrey Festival seria uma experiência que ficaria marcada parar sempre ao guitarrista do THE WHO, pois foi nesta mesma apresentação que Hendrix iria atear fogo na sua guitarra e seria uma das imagens mais icônicas na história da música.

Em 2019, Townshend relembrou à revista Rolling Stone sobre a 1ª vez que testemunhou a grandeza de Jimi Hendrix, um momento que aparentemente é uma memória clara que também ficou gravada em sua mente: “Bom, essa foi uma experiência cósmica. Foi no clube Blazes em Londres. Ele foi incrível e pensando hoje, você precisaria ter visto Jimi Hendrix num show para entender o que ele realmente era".

Townshend continuou: “Ele era um músico maravilhoso! Jimi não era um grande cantor, mas tinha uma voz linda, esfumaçada e muito sexy... Quando você o via num show, ele parecia um xamã no palco, tipo, é a única palavra que posso usar para descrever. Não sei se é o termo correto, mas uma luz parecia sair dele, sabe? Ele subiria ao palco e de repente explodiria em uma luz... Jimi era muito gracioso”.

Receber elogios de Pete Townshend é algo que o coloca em um campo muito exclusivo de artistas que também inclui nomes como Joni Mitchell, Mick Jagger e Neil Young.

Sabemos que o guitarrista do THE WHO reserva-se para elogiar publicamente qualquer um, a menos que sejam figuras lendárias de boa-fé na música e Jimi Hendrix pode muito bem ser o mais icônico de todos eles.


* Pete Townshend: quando viu show do Pink Floyd pela primeira vez

  • Facebook Social Icon
Mais Recentes
Destaques