• by Brunelson

Nirvana: algumas curiosidades sobre o álbum "Bleach"


NIRVANA é frequentemente citado como a banda que deu início ao "grunge" com o seu álbum "Nevermind" (1991), mas este não foi o primeiro álbum deles. Antes, em 1989, NIRVANA lançava o seu disco de estréia, "Bleach".


Assim como o álbum "Bleach" não é o lar de suas canções mais icônicas, como "Smells Like Teen Spirit" e "In Bloom", a formação da banda por trás do álbum não era a que eles estavam mais associados. Antes do baterista Dave Grohl entrar na banda em 1990, Kurt Cobain e o baixista Krist Novoselic trabalharam na maior parte do tempo com o baterista Chad Channing nas turnês e na maior parte da gravação deste álbum.


Com isso, aqui estão alguns fatos importantes que ajudaram a construir essa estreia do NIRVANA, assim como algumas curiosidades.



* A gravadora Sub Pop tinha solicitado apenas um EP


O primeiro single do Nirvana foi um cover de uma canção chamada "Love Buzz" da banda holandesa SHOCKING BLUE. A Sub Pop lançou o single em 1988 e pediu um EP para a banda gravar em seguida. No entanto, eles estavam prontos para lançar um álbum completo e quando lançaram o disco "Bleach", incluíram esta versão da música "Love Buzz" no álbum.


Confira a gravação da faixa-título lançada primeiro no single "Love Buzz":

* Cobain disse que a Sub Pop estava promovendo o "som grunge"


De acordo com o livro de Michael Azerrad, "Come As You Are: The Story of Nirvana", que conta a história da banda enquanto estava em atividade, Cobain disse que a Sub Pop estava realmente "empurrando" o som grunge de Seattle. Ele se sentiu pressionado a aderir a ela, então, descartou qualquer ideia de música pop que tivesse.


Confira o áudio da canção "Big Cheese", lançada primeiro como lado-b do single "Love Buzz" (1988), que depois também incluíram esta versão para ser lançada no disco "Bleach". Esta música fala diretamente sobre o co-fundador da Sub Pop, Jonathan Poneman.

* Letras raivosas


Cobain disse para a revista Spin em 1993 que "não dava a mínima para o que as letras tratavam" quando escreveu as músicas para o disco "Bleach", o que ele admite que estava "puto" na noite anterior ao início das gravações.


“Vamos apenas gritar letras negativas e desde que não sejam sexistas e não fiquem muito constrangedoras, tudo bem”, explicou Cobain sobre as letras do álbum "Bleach".


Ele finalizou: "Eu não tenho nenhuma dessas letras queridas em mim".


Cobain também havia dito em entrevista para a Sounds Magazine que muitas das letras do álbum "Bleach" foram inspiradas na sua vida em Aberdeen, cidade natal onde nasceu e cresceu (próximo a Seattle).


Confira o áudio da canção "Negative Creep", onde Cobain fala sobre esta condição de vida em Aberdeen e que foi lançada no disco "Bleach":

* Um outdoor de prevenção da AIDS inspirou o nome do álbum


O título provisório de "Bleach" era originalmente "Too Many Humans", conforme foi descrito na biografia oficial de Kurt Cobain, "Mais Pesado Que o Céu", do autor Charles Cross.


Quando Cobain viu o outdoor de prevenção da AIDS em San Francisco, que aconselhava os usuários de heroína a usarem alvejantes (bleach) para desinfetar as suas agulhas antes de inseri-las, ele mudou de ideia e escolheu o nome "Bleach" para o primeiro disco do NIRVANA.


Segue o áudio da canção "Blew", que abre o álbum "Bleach":

* A música "Big Long Now" ficou de fora do disco


A canção "Big Long Now", que só iria ser lançada no álbum de sobras de estúdio e covers em 1992, "Incesticide" (3º trabalho de estúdio), foi gravada originalmente para o disco "Bleach".


No entanto, Cobain não queria outra música "lenta e pesada" no álbum, já que a canção "Paper Cuts" seria incluída - como mencionado no livro "Verse Chorus Verse: The Recording History of Nirvana", do autor Gillian G. Gaar.


Confira o áudio da música "Big Long Now":

* Uma combinação surpreendente de artistas influenciou parcialmente o disco


Antes mesmo do grupo começar a gravar o disco "Bleach", eles tinham uma fita cassete que costumavam ouvir juntos em sua van de turnês - um lado tinha a banda THE SMITHEREENS e no outro tinha o grupo CELTIC FROST.


“Aquela fita estava sempre sendo tocada, virada e revirada em nossa van. Hoje eu paro para pensar e tipo: 'Sim, talvez isso tenha sido uma influência para o álbum 'Bleach'", havia dito Krist Novoselic para a revista Rolling Stone em 2001.


Junto com o pacote, sabemos da bela influência que os BEATLES tiveram em Kurt Cobain, onde a música "About a Girl" seria uma grande homenagem e foi lançada no disco "Bleach":

* Dois bateristas gravaram o álbum


Embora Dave Grohl seja conhecido como o principal baterista e membro da formação clássica do NIRVANA, ele não se juntou ao grupo até 1990. Antes da banda entrar no estúdio de Jack Endino para gravar o disco "Bleach", eles tinham gravado a sua primeira fita demo com o mesmo Endino, onde o baterista do MELVINS, Dale Crover, estava "quebrando o galho" para a banda.


Nesta sessão de gravação da fita demo, eles incluíram três músicas para serem lançadas no álbum "Bleach", pois a bateria soava melhor com Dale Crover, após tentarem grava-las novamente sem sucesso já com Chad Channing na bateria.


Estas 03 canções foram: "Floyd The Barber", "Paper Cuts" e "Downer".


Quando eles contrataram Chad Channing para que Dale Crover pudesse se dedicar exclusivamente ao MELVINS, foi quando a banda mais tarde retornaria ao estúdio de Jack Endino para gravar as músicas que seriam lançadas no álbum "Bleach".


Portanto, são Chad Channing e Dale Crover que estão creditados como baterista no disco "Bleach".


Fique com o áudio de uma das músicas com Dale Crover na bateria, "Floyd The Barber":

* Jason Everman financiou o disco


Um guitarrista chamado Jason Everman era fã daquela 1ª fita demo do NIRVANA e quando foi escolhido para ser o 2º guitarrista da banda, ele pagou os U$ 606,17 dólares pelo tempo de gravação gasto no disco "Bleach", mesmo não tendo tocado uma nota musical sequer na gravação.


Em contra partida, ele apareceu mesmo assim na capa do álbum.


"Queríamos apenas fazer com que ele se sentisse em casa na banda", disse Novoselic, conforme observado no livro já citado de Michael Azerrad. Depois que Jason Everman foi dispensado do NIRVANA (ele fez somente uma parte da turnê do álbum "Bleach"), ele se juntou brevemente como baixista do SOUNDGARDEN.


Confira uma colagem de imagens ao vivo com Jason Everman no NIRVANA, tocando a música "Mr. Moustache" e que foi lançada no disco "Bleach":

* A fonte usada acidentalmente se tornou o logotipo da banda


Uma foto de Cobain, Novoselic, Channing e Everman se apresentando na cidade de Olympia (próximo a Seattle), foi tirada pela namorada de Cobain na época, Tracy Marander (a quem ele se refere nas letras da música "About a Girl"), e acabou se tornando a capa do álbum "Bleach".


A designer gráfica, Lisa Orth, que trabalhou no disco "Bleach", escolheu a fonte Onyx para as palavras da capa e essa acabou sendo a fonte usada no logotipo icônico da banda para sempre.


Confira o áudio da música "Sifting", lançada no álbum "Bleach":

* É o disco mais vendido da Sub Pop de todos os tempos


Antes do lançamento do disco "Nevermind" em 1991, o álbum "Bleach" tinha vendido 40 mil cópias nos EUA e ainda não havia entrado nas paradas dos rankings.


A nova gravadora do NIRVANA, Geffen Records, decidiu relançar internacionalmente o disco "Bleach" depois de ver o sucesso do álbum "Nevermind". Com o relançamento, "Bleach" alcançou a posição nº 89 no ranking de discos da Billboard.


Com 1,9 milhão de cópias vendidas até hoje, "Bleach" é o álbum que mais vendeu cópias de todos os tempos da Sub Pop.


Fique com o áudio de uma das melhores músicas do NIRVANA de sua discografia, "School", e que foi lançada no disco "Bleach":


O site rockinthehead já publicou matérias exclusivas sobre cada álbum do NIRVANA.


Confira logo abaixo:


* Nirvana: dissecando cada música do álbum “Nevermind”


* Nirvana: resenha do disco "Incesticide"


* Nirvana: fax que o produtor do disco “In Utero” mandou para a banda

  • Facebook Social Icon
Mais Recentes
Destaques

2016 by RockInTheHead