• by Brunelson

Foo Fighters: empresário do Nirvana comenta se Dave Grohl o chamou para trabalhar na banda


O empresário do NIRVANA, Danny Goldberg, foi perguntado recentemente sobre Dave Grohl em uma nova entrevista para a revista Forbes. Ele falou como Grohl escrevia músicas "em segredo" nos quartos de hotel enquanto estava em turnê com o NIRVANA.


Goldberg lançará o seu novo livro sobre Kurt Cobain agora em abril de 2019, "Serving The Servant".


Pergunta: Mudando o foco para Dave Grohl por 01 segundo... Ele aparentemente levava um violão nas turnês do NIRVANA e escrevia músicas em segredo nos quartos de hotel. Quão consciente você estava do talento de composição dele e por que Dave não acabou gravando o 1º disco do FOO FIGHTERS com a Atlantic Records, já que você trabalhava lá?


Goldberg: Eu havia deixado a Atlantic Records quando o FOO FIGHTERS surgiu, acho que já trabalhava Mercury Records. Eu não acho que Dave me considerava no topo de sua lista para querer trabalhar comigo, tanto que John Silva (outro empresário do NIRVANA) foi o escolhido por Dave.


Goldberg: Me lembro do tipo de acordo que eles estavam procurando, sendo que eles fizeram exatamente a coisa certa, sabe? John Silva é um empresário brilhante e fez um ótimo trabalho com o FOO FIGHTERS. Era mais um acordo do tipo distribuição, do que um contrato de gravação por completo... Essa é a minha memória sobre isso.


Goldberg: Eu nunca tive uma reunião ou discussão sobre isso. Certamente não tinha ideia de que eles seriam tão grandes, mas não tive esse tipo de relacionamento com Dave, sabe? Eu fui puxado por diferentes forças em minha vida em tempos diferentes, e uma vez que Kurt e Courtney estavam juntos, o que foi dentro de 01 mês do álbum "Nevermind" ter sido lançado, houve uma certa divisão na banda e o meu claro papel e predileção foi meio que para Kurt e Courtney.


Goldberg: Agora, ao longo dos anos, mantive contato com Krist Novoselic porque sempre tivemos essa outra coisa em comum, que era o nosso interesse pela política americana, pelas liberdades civis e coisas do tipo, mas sinceramente, desde a morte de Kurt, a 1ª vez que conversei com Krist sobre Kurt foi quando escrevi este livro.


Goldberg: Em todos os 20 anos que se seguiram, conversamos sobre política e foi sobre isso que conversamos somente, sabe? As nossas conversas não foram sobre bandas ou questão musical e eu não tinha esse tipo de relação com Dave, então, você teria que perguntar para ele. Eu só sei que nunca tivemos uma conversa séria sobre trabalhar com o FOO FIGHTERS no início de carreira. Tenho certeza que se John tivesse dito: "Hey, Dave quer se encontrar com você", eu definitivamente teria me encontrado com eles, mas não me lembro de ter recebido esse tipo de ligação.

  • Facebook Social Icon
Mais Recentes
Destaques

2016 by RockInTheHead