Smashing Pumpkins: Corgan fala sobre D'arcy e se esta é a melhor formação da banda

December 8, 2018

 

Em uma nova entrevista para a Billboard, o vocalista/guitarrista do SMASHING PUMPKINS, Billy Corgan, descreveu a reação de Jimmy Chamberlin (baterista) à rivalidade de D'arcy Wretzky com a banda no início de 2018 (baixista, que não está fazendo parte da reunião).

 

Corgan sentiu os comentários públicos de D'arcy e por ela ter publicado as mensagens de texto trocadas, como "uma traição" de suas conversas privadas. Ele também admitiu que enquanto a banda seguiu em frente, ele ainda sentiu algum rancor residual.

 

Seguem outros trechos:

 

"Você sabe, não conseguimos marcar um encontro sequer com ela no estúdio, porque os outros três membros originais do SMASHING PUMPKINS não tocavam com ela numa sala ou estúdio há 19 anos, certo? Ela não sobe num palco há quase 20 anos, além de uma série complexa de eventos que aconteceram e foi muito frustrante. Não tinha mais para onde ir com isso, sabe? Nós finalmente dissemos: 'Vamos abaixar as nossas cabeças e apenas tocar'". 

 

"Em particular, Jimmy me disse: 'Olha, a música vai cuidar de todo o resto da equação. Não responda a ela, não brigue e não entre na lama, apenas marche em frente'. Isso foi um sábio conselho e foi o que fizemos, e aqui estamos nós, com um novo álbum, uma turnê de muito sucesso em arenas nos EUA e 02 datas em arenas na Europa, novas datas sendo anunciadas para 2019... É isso, marchando em essência".

 

Corgan também disse que não tem certeza se esta é a melhor encarnação da banda.

 

"Eu não sei... É difícil dizer... Eu acho que musicalmente, agora somos muito mais proficientes, mas acho difícil ignorar o que a banda tinha naqueles anos, porque podíamos tocar uma música improvisada de 45 minutos toda noite. Há muitas coisas que o SMASHING PUMPKINS pode fazer que essa banda atual não consegue. Eu acho que, o que essa banda atual representa bem com grande articulação e graça, é cada período que essas músicas foram lançadas na história do grupo. Somos capazes de tocar de tudo, desde as baladas latentes até os rock's ferozes. Em compensação, eu acho isso muito legal e não creio que a banda lá dos anos 90 poderia fazer isso”.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

  • Facebook Social Icon
Mais Recentes

Queens of The Stone Age: álbuns estão sendo relançados em vinil; fãs comentam

December 8, 2019

1/5
Please reload

Destaques
Please reload

2016 by RockInTheHead