Ramones: a singela dedicatória de Arturo Vega

July 5, 2018

 

Arturo Vega (foto acima, no ato da sua maior criação) foi o designer gráfico da banda punk rock chamada RAMONES. Ele já trabalhava para o grupo quando foi formado em 1974, permanecendo até o seu final em 1996. Também conhecido por ter sido um diretor artístico, ele simplesmente foi o cara que criou e desenhou o logo oficial dos RAMONES, que tanto é estampado em camisas pelo mundo a fora desde que a banda foi fundada... 

 

Não é a toa que ele também sempre foi considerado um membro fixo do grupo.

 

Eis que no ano de 2001, os álbuns de estúdio dos RAMONES haviam sido relançados com várias fotos inéditas no seu livrinho em anexo, dedicatórias e claro, várias músicas bônus em cada disco relançado através de demos, versões ao vivo e canções inéditas. E no final do livrinho que acompanha cada álbum, consta uma simples mas bela homenagem feita por Arturo Vega. Esta dedicatória é especificamente voltada para o vocalista da banda, Joey Ramone, que havia acabado de falecer naquele mesmo ano em que os álbuns dos RAMONES foram relançados...

 

Segue a dedicatória traduzida logo abaixo:

 

 

Eu gosto de trabalhar. O trabalho é bom... Claro, é fácil dizer porque eu tenho trabalhado para e com os RAMONES por 27 anos, uma banda que possuía uma grande ética de trabalho.

 

Foi especialmente fácil trabalhar com Joey. A sua abordagem era sempre divertida e livre de problemas. Talvez fosse porque desde muito cedo a vida havia sido tão dura com ele, que Joey teve que desenvolver um sentido incrivelmente nítido de sobrevivência juntamente com os instintos que o levaram a tornar-se uma pessoa super legal, indo contra todas as probabilidades desfavoráveis da sua vida.

 

Para ele tentar obter uma boa aparência, isso não era uma coisa sobre narcisismo - era puramente uma questão de sobrevivência. Joey também sabia que ser uma pessoa negativa não era uma coisa saudável e ele não tinha tempo para as agressões e hostilidades. A música era a sua paixão e tudo na sua vida levou a uma canção. Eu não posso nem imaginar as canções que a sua luta pela vida nos últimos meses poderia ter inspirado, o que foi uma grande perda para todos nós.

 

Sim, Joey, você deixou uma abundância de boa música para trás para tornar as nossas vidas mais felizes. Eu aprendi muito de você e sei que você não quer que a gente fique triste... Mas nós estamos... Estamos muito, muito tristes.

 

por: Arturo Vega - 25 de Abril de 2001 – New York.

 

 

Confira a performance dos RAMONES num programa de auditório da TV alemã, da clássica música "Blitzkrieg Bop" (lançada no homônimo álbum de estreia, 1976):

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

  • Facebook Social Icon
Mais Recentes

Dave Grohl: apresentando a canção "My Hero" pela internet

March 31, 2020

1/5
Please reload

Destaques
Please reload

2016 by RockInTheHead