Butch Vig: falando sobre o grunge e mistura de estilos musicais.

October 15, 2016

Baterista da banda GARBAGE e produtor do clássico álbum do NIRVANA, “Nevermind” (2º disco, 1991) - e de bandas como FOO FIGHTERS e SMASHING PUMPKINS - Butch Vig revelou porque o grunge e outras eras musicais vêm e vão no decorrer da história, em uma nova entrevista para o Free Press Houston agora em Setembro/2016.

 

Ele disse: "Bem, a música eletrônica tem sido o auge já faz vários anos, que é apenas uma extensão da música ‘disco’ tocada em clubes desde os anos 70 - especialmente quando o ‘disco’ tornou-se muito grande. Quero dizer, as pessoas sempre gostaram de sair no fim de semana para ficarem loucos e para ouvirem música, porque é também parte da nossa cultura as pessoas quererem se divertir... Daqui há alguns anos, pode ficar muito comum ir a um clube, mas eu sinto que a música eletrônica ainda vai ‘queimar’ um pouco mais, como qualquer outro tipo de música no passado... Isto apenas vai em ciclos, sabe?”

 

Ele continuou: “Cada tipo de gênero que se tornou enorme - mesmo retornando ao ‘disco’, ao new wave, ao punk rock, à música alternativa do grunge ou quando a música pop tornou-se gigante – causou uma mudança no gosto das pessoas (as massas), onde depois elas sempre vão querer algo novo e fresco porque irão ficar esgotadas com um determinado tipo de som. Tem sido sempre assim... Se eu soubesse o que a próxima grande coisa seria, gostaria de colocar todo o meu dinheiro nisso, agora mesmo! Mas ninguém sabe o que será, você me entende? Hoje, a música está híbrida nos estilos. Você pode ouvir uma faixa de hip-hop na rádio com amostras de sons de todos os tipos de música. Tem ainda a música country que está começando a fazer batidas de hip-hop, além da influência eletrônica que aparece em todos os lugares”.

 

Ele finalizou: “Com a tecnologia de hoje, você pode simplesmente misturar todas as influências em um álbum, assim como o GARBAGE fez em nosso 1º disco. Quando o nosso 1º álbum veio, realmente chamou a atenção das pessoas porque apresentou elementos de melodia pop, guitarras difusas, batidas hip-hop e estranhos efeitos sonoros. Na época, ninguém na banda pensou em fazer um disco grunge por causa da minha história com o NIRVANA e com o SMASHING PUMPKINS... Eu acho que um monte de pessoas ficaram surpresas com o som daquele primeiro álbum do GARBAGE".

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

  • Facebook Social Icon
Mais Recentes

Pearl Jam: baixista comenta como passou os primeiros dias da pandemia

July 12, 2020

1/5
Please reload

Destaques
Please reload

2016 by RockInTheHead