• by Brunelson

Perry Farrell: "músicos devem ter o direito de experimentar absinto, LSD ou cogumelos"


O vocalista do JANE'S ADDICTION e fundador do Lollapalooza Festival, Perry Farrell, disse em entrevista ao Yahoo que ele não se vê escrevendo uma autobiografia - dentre vários outros assuntos.


* Perry Farrell: "você não pode ser pai e ficar drogado o tempo todo", diz o vocalista do Jane's Addiction


* Perry Farrell: "divulgue algo que você sabe que é ótimo no seu coração"


Segue a opinião de Perry Farrell:

“Sou um pouco reservado para contar tudo sobre a minha vida”, explicou ele. "Algumas dessas coisas são absolutamente embaraçosas e eu tenho filhos agora. Embora eu não tenha exatamente o sentimento de vergonha, mas não quero colocar os meus filhos no caminho errado, porque eles pensariam: ‘Bom, você conseguiu...’ Eles não precisam saber tudo sobre mim".

Farrell continuou: "Eles podem sair e viver as suas vidas. O meu filho já fugiu de casa 02 vezes e ele acabou de voltar. Eu estava um pouco bravo com ele, mas então, pensei comigo mesmo: 'Droga, eu também fugi de casa e entendo por que ele fez isso', e não preciso encorajá-lo dizendo a ele algumas das merdas selvagens que eu fiz no passado..."

Ele acrescentou: “É assustador o mundo lá fora e não quero que o meu filho se meta na situação errada e saindo com pessoas erradas, mas ao mesmo tempo... Não sei como dizer isso. Eu quero que ele vá lá e experimente uma vida selvagem, porque ele é um músico e cada músico possui os seus diferentes limites. Os músicos devem ter o direito de experimentar coisas selvagens como absinto, LSD ou cogumelos".

"Eu acho que para um músico, é mais permitido experimentar esse tipo de coisa, tipo, expansão da mente. As melhores músicas são escritas sobre os tempos selvagens e como viver os tempos selvagens. Novamente, eu digo, como músicos, vocês têm uma licença diferente. Na verdade, realmente acredito que deve haver uma licença que você obtenha que, se você é um músico, tem que fazer um determinado curso. Isso dá a você uma licença para experimentar as coisas. Quero dizer, pense como seria o mundo da arte sem absinto? Salvador Dali, como seriam as suas pinturas? Como seria a música se o GRATEFUL DEAD não tivesse derramado ácido LSD?"

Perry Farrell disse que os seus filhos são “garotos realmente bons” que “realmente amam música e como eu disse, sou o último cara da fila a dizer a eles que não podem fazer algo, mas acho que as pessoas mais complicadas não são os caras que estão experimentando as coisas, são aqueles que são informados por seus pais que não podem experimentar e são impedidos de experimentar a vida. Essas são as crianças que geralmente acabam mais bagunçadas, eu acho”.


"Jane Says" (JANE'S ADDICTION)


  • Facebook Social Icon
Mais Recentes
Destaques

2016 by RockInTheHead