top of page
  • by Brunelson

Pearl Jam: a origem e caminhada da clássica música "Betterman"


No que diz respeito aos hinos da banda, o PEARL JAM tem uma história interessante sobre a música "Betterman".





Originalmente escrita por um adolescente Eddie Vedder, a canção não foi gravada para ser incluída nos 02 primeiros álbuns de estúdio do grupo, "Ten" (1991) e "Versus" (1993).

E de acordo com o produtor Brendan O'Brien, não foi por falta de tentativa (produtor que trabalhou de alguma forma ou outra em 09 dos 11 álbuns de estúdio lançados até hoje).

PEARL JAM originalmente gravou uma versão dessa música para o disco "Versus", mas bastou um comentário de O'Brien para jogar a canção de volta ao limbo: “Há uma ótima música que gravamos para o disco 'Versus', que se chama 'Betterman' e foi lançada somente no 3º álbum de estúdio, 'Vitalogy' (1994)", havia dito o produtor para a revista Spin em 2001. “Um dos primeiros ensaios que fizemos eles a tocaram e eu disse: 'Cara, isso é uma música de sucesso', e Eddie apenas falou: 'Ahhh...'. Eu imediatamente soube que tinha acabado de falar a coisa errada. A canção foi cortada das sessões de gravação e Eddie queria doa-la para um disco beneficente do Greenpeace, com a ideia de que a banda iria tocar a música e algum outro vocalista iria cantar. Eu me lembro de dizer ao nosso engenheiro de som, Nick DiDia: 'Essa é uma das melhores músicas deles e eles vão distribuí-la para terceiros! Isso não pode acontecer!'”

O'Brien conseguiu manter arquivada a versão gravada para o álbum "Versus" e convenceu a banda a dar uma nova chance à canção durante as sessões de gravação para o disco "Vitalogy", mas quando um adolescente Vedder estava originalmente tocando essa música com a sua 1ª banda de garagem, BAD RADIO, a música "Betterman" estava mais perto do som e levada de uma outra canção na qual Vedder baseou-se na sua progressão musical: "Save it For Later", do grupo THE BEAT.

Tanto que as canções "Save it For Later" quanto "Betterman" estão enraizadas na afinação em "D" e ambas utilizam uma progressão I-V-IV simples para seus respectivos refrões, com Vedder emprestando liberalmente elementos da melodia do THE BEAT.

Por causa do seu óbvio potencial de sucesso nas rádios alternativas e mainstream - e foi mesmo, liderando rankings e programações de rádio sem nunca ter sido lançada como single - a banda nunca teve intenção de lançar a música "Betterman" em seus 02 primeiros álbuns de estúdio e além da questão do grupo estar evitando fazer videoclipes desde 1992, a falta de promoção adequada não impediu que "Betterman" se tornasse uma das maiores canções do PEARL JAM - assim como a música "Black" (Disco: "Ten"), que a banda negou à gravadora para ser lançada como single e tornou-se uma das joias da coroa que é.

Rodadas frequentes nas rádios de rock alternativo e mainstream fizeram de "Betterman" um hino e quando o PEARL JAM foi introduzido no Rock and Roll Hall of Fame em 2017, "Betterman" foi uma das poucas músicas que a banda escolheu para tocar no palco e representar a sua carreira.

Durante todo este século, de uma forma quase frequente nos shows o PEARL JAM inclui o trecho de "Save it For Later" durante a parte final da música "Betterman".


Confira o áudio do show do PEARL JAM em Buenos Aires, Argentina, no ano de 2005, apresentando a canção "Betterman" com a tag da música "Save it For Later" na sua parte final:


Kommentare


Mais Recentes
Destaques
bottom of page