• by Brunelson

Nação Zumbi: um dos melhores álbuns de toda discografia, "Fome de Tudo"


Nação Zumbi

Em 2007, a banda NAÇÃO ZUMBI lançava o seu 7º álbum de estúdio, "Fome de Tudo" - e o 5º sem o saudoso Chico Science. "Fome de Tudo" foi produzido pelo guru do BEASTIE BOYS (grande influência da banda), Mario Caldato Jr.


Este disco é fácil um dos melhores álbuns da banda, incluindo os 02 primeiros discos com o vocalista Chico Science. O dedo do produtor é nítido aqui, destacando cada instrumento sem exageros, nivelando as harmonias com maestria, despindo as linhas do baixo classicamente e a guitarra... O que dizer dos efeitos psicodélicos que Lúcio Maia aplica aqui!


O álbum abre com uma das melhores músicas do grupo, "Bossa Nostra", acompanhado do videoclipe e sendo single do disco. Tudo soa perfeito e nota-se no que a NAÇÃO ZUMBI foi se moldando, ainda mais por ter vindo de um disco seco, funkeado, com eletrônicos e samplers ("Futura", 6º álbum, 2005) - um campo, de certa forma, inédito para a banda - aparecendo agora advindo de uma cortina nebulosa (no bom sentido).


O álbum começa só com canções top, de 1ª linha, seguido de "Infeste", "Carnaval" e "Inferno".


"Nascedouro" é uma sra. música, com a elegância de uma banda que criou um estilo musical no início dos anos 90, nos apresentando aqui mais uma inovação sonora sem precedentes... Uma obra de arte com uma letra impossível de não apoiar: "Quem não vai torcer / Pro coração bater / Da-lhe viver / Da-lhe viver". Metais e apito percorrem aqui.


A próxima canção é um resquício do disco anterior. "Onde Tenho Que Ir" entraria fácil no álbum de 2005, e se enquadraria como destaque - notória evolução da banda nesse estilo musical.


O percussionista do grupo, Toca Ogan, desde sempre se destaca por ajudar nas letras, vocais e danças pelo palco. Na música, "Assustado", pode ser a melhor canção em toda a discografia com a assinatura de Toca Ogan. Um verdadeiro deleite...


A faixa-título simplesmente arregaça! Também no hall das melhores que a banda já criou e com uma letra que é um verdadeiro tapa na cara (como sempre): "A fome tem uma saúde de ferro / Forte como quem come". Aquela velha música quebraceira que em todos os álbuns se apresenta.


"Toda Surdez Será Castigada" se encontra em outro patamar... Só temos que agradecer e sentir abençoados por escutarmos essa canção e com letras que nos ensinam. Arrisco em dizer que é uma das melhores músicas da MPB. Não tem muito o que falar, só escutando mesmo...


Simples, psicodélica, curta, mas no mesmo nível alto das outras, "A Culpa" é uma música que trouxe letras que me ajudaram com situações na minha vida: "Difícil é no peito matar um míssil / E escapar em silêncio do vício".


Mais uma amostra dos frutos do álbum antecessor, a canção "Originais do Sonho" apresenta em alta os eletrônicos, samplers e batidas digitais no seu corpo musical.


Diria que é um álbum transcendental, devido a maturidade e sonoridade que apresenta, a evolução sonora inabalável comparada desde o 1º disco, a afinação e tom vocal do cantor Jorge Du Peixe (chegando em outro nível no próximo álbum, que seria lançado somente em 2014, mas é aqui que esta nova gama floresce) e a magia do produtor Mario Caldato Jr., que sempre cuidou com amor pelo trabalho do BEASTIE BOYS e pôde oferecer os seus serviços para esta grande e singular banda brasileira, NAÇÃO ZUMBI.


E para fechar este pensamento, a última música do disco já traz no título o resumo de tudo, "No Olimpo". Letras incríveis e que nos sossegam, além da sonoridade e fórmula única da canção que demonstra a bela maturidade e diversidade do grupo (poderia ser uma irmã perdida da música, "Computadores Fazem Arte", lançada no 1º disco).


NAÇÃO ZUMBI está em atividade até hoje com 08 álbuns de estúdio e 01 de covers lançado por último, com turnê pela Europa e Brasil sempre que lançam um novo disco.


Ao lado de Chico Science, eles criaram um ritmo novo e único chamado manguebeat, que foi também um movimento contracultural surgido a partir de 1991 em Recife/PE, misturando ritmos regionais como o maracatu, ciranda e forró, de mãos dadas com o rock, hip-hop, funk americano e outras peculiaridades.


Track-list


1. Bossa Nostra

2. Infeste

3. Carnaval

4. Inferno

5. Nascedouro

6. Onde Tenho Que Ir

7. Assustado

8. Fome de Tudo

9. Toda Surdez Será Castigada

10. A Culpa

11. Originais do Sonho

12. No Olimpo


Confira o videoclipe da canção "Bossa Nostra":

  • Facebook Social Icon
Mais Recentes
Destaques