Billy Corgan: revelando canção em homenagem ao Alice in Chains

September 22, 2018

O vocalista/guitarrista do SMASHING PUMPKINS, Billy Corgan, respondeu várias perguntas dos fãs em rede social. Confira os principais destaques:

 

Pergunta: As estrelas do rock estão se tornando criaturas extintas?

Billy: Eu estou extinto? Como Grohlasaurus (Dave Grohl) e Vedderraptor (Eddie Vedder)?

 

Pergunta: Qual é o seu nome de dinossauro?

Billy: Sadasaurus

 

Pergunta: Eu amo essas perguntas e respostas, porque elas oferecem uma visão sobre você como um ser humano e não o personagem que a mídia criou.

Billy: O problema é que a mídia não quer desistir de mim, então, eles são reduzidos a ficarem rastejando ou inventando histórias para controlar o meu personagem.

 

Pergunta: Pensamentos sobre o DVD do SMASHING PUMPKINS, "If All Goes Wrong"? (2008).

Billy: Muito bem intencionado e digno de um documentário, mostrando a luta para se ajustar num mundo diferente.

 

Pergunta: Você se considera uma pessoa que perdoa?

Billy: Não... Não é o meu forte.

 

Pergunta: Fiquei surpreso que você não apareceu no episódio do documentário "Sonic Highways: Chicago". Dave Grohl não te convidou para participar?

Billy: Vieram nos convidar e eu recusei, mas por favor, não relacione isso com qualquer problema entre Dave e eu. Vi Dave não muito tempo atrás e o admiro como sempre fiz. Os nossos laços são mais profundos do que a maioria conhece.

 

Pergunta: Como você está se sentindo mentalmente e fisicamente depois de completar uma turnê tão longa em arenas pelos EUA? Por favor, cuide-se!

Billy: Obrigado pelas amáveis palavras. Estou muito, muito cansado, mas eu me consolo sabendo que depois dos shows pela Europa em Outubro/2018, nós não faremos apresentações de 03 horas tão cedo.

 

Pergunta: É verdade que a canção "Jellybelly" foi a sua escolha para o 1º single do álbum "Mellon Collie and The Infinite Sadnesss"? (3º disco, 1995)

Billy: Sim. Foi falado sobre isso com o então presidente da Virgin Records, Phil Q, mas ele fez a escolha certa escolhendo a música "Bullet With Butterfly Wings”.

 

Pergunta: É verdade que foi você quem desenhou o coração (logo) do SMASHING PUMPKINS? Você está surpreso com o quão icônico se tornou?

Billy: Sim e muito! Ainda tenho guardado o esboço original, assim como todas as outras tentativas de rascunho. Compartilharei um dia quando resolver abrir os arquivos.

 

Pergunta: SMASHING PUMPKINS vai relançar algum álbum com um box especial?

Billy: O box do disco "Machina The Machines of God" será o próximo lançamento (5º álbum, 2000).

 

Pergunta: Junto com o relançamento de "Machina The Machines of God", você vai incluir o disco "Machina The Machines of God 2", que você só lançou pela internet? (que foram as músicas que ficaram de fora do disco original)

Billy: Os álbuns serão lançados juntos como foram originalmente concebidos.

 

Pergunta: A música, “With Every Light” (lançada em "Machina The Machines of God"), se destaca entre as músicas desse disco?

Billy: Eu vou e volto pensando nisso... É uma das minhas favoritas desse álbum, mas não tenho certeza se é uma ótima música.

 

Pergunta: A canção, "Age of Innocence" (também lançada em "Machina The Machines of God"), é uma de suas melhores músicas. Você concorda?

Billy: Sim, mas ela não se encaixa nas canções lançadas nesse disco.

 

Pergunta: Qual foi a sua principal inspiração para o álbum "Machina The Machines of God"?

Billy: Consciência de Jesus Cristo e a desmontagem daquilo em que eu já acreditei.

 

Pergunta: É verdade que você e James Iha (guitarrista) gravaram o baixo no disco "Machina The Machines of God", mesmo os créditos sendo dados a D'arcy? (baixista original que não está fazendo parte da reunião)

Billy: Sim.

 

Pergunta: Por que os refrões de todas as músicas do álbum "Machina The Machines of God" são muito legais?

Billy: Muita duplicação e apertada repetição.

 

Pergunta: O que lhe inspirou quando você compôs o disco Oceania? (7º álbum, 2012)

Billy: Um término terrível de um relacionamento que quase me levou ao suicídio... Foi uma época horrível.

 

Pergunta: A sua música me salvou durante as tentativas de suicídio e me tornou uma pessoa melhor. Apenas obrigado pela minha vida.

Billy: Estou muito feliz por você ainda estar aqui.

 

Pergunta: Como posso lutar contra os meus pensamentos suicidas?

Billy: O fato de você estar perguntando significa que você quer viver. Portanto, confie nisso e procure uma ajuda profissional!

 

Pergunta: Na sua opinião, a arte ou música pode curar a depressão, mesmo que temporariamente?

Billy: Sim.

 

 

Pergunta: ALICE IN CHAINS lançou o novo álbum e estão em turnê pelos EUA. Assistir ao show deles, vale a pena?

Billy: Com certeza.

 

Pergunta: É verdade que a música, "Bleeding The Orchid", é uma homenagem ao ALICE IN CHAINS? (6º disco, "Zeitgeist", 2007)

Billy: Sim.

 

Pergunta: Você diria que Billie Joe, frontman do GREEN DAY, é tão importante quanto Kurt Cobain nos anos 90?

Billy: Ele está lá junto com os grandes, com certeza.

 

Pergunta: Você mencionou várias bandas clássicas de rock e metal como influências, mas e as bandas punk? Alguma em particular?

Billy: O punk rock teve pouca influência direta em mim. Indiretamente, através das bandas que surgiram juntas conosco, mas eu já falei que adoro os RAMONES desde os 10 anos de idade e nunca perdi o meu amor por eles.

 

Pergunta: Eu tenho vitiligo e tento abraçar essa aberração, mas os olhares e sussurros das pessoas doem... Algum conselho?

Billy: Assim como eu, alguém nascido com uma marca de pele, vejo isso como uma bênção, já que me ensinou desde cedo que a maioria das pessoas são superficiais e julgam o físico acima do coração e da mente. Considero um presente que também me ajudou a valorizar mais certas pessoas.

 

Pergunta: Você chegou a conhecer Shannon Hoon? (falecido vocalista do BLIND MELON)

Billy: Sim, ele era uma pessoa adorável e costumava viajar conosco por algumas noites em nosso ônibus de turnê.

 

Pergunta: Você acha que precisamos de outro movimento punk rock para revigorar o rock nesse momento?

Billy: Nunca vai acontecer, porque qualquer movimento com uma selfie não é um anti-movimento.

 

Pergunta: O que você diz para os fãs que só ouvem os álbuns de rock dos anos 90 para trás e dizem que tudo neste novo século é medíocre?

Billy: Eles estão errados e sabem disso. Comprar uma história veiculada pela mídia não é verdade e isto é uma história antiga... São pessoas enraizadas na amargura do passado e que não estão celebrando o presente.

 

Pergunta: Algum dos problemas passados da banda resultou muito por sua parte?

Billy: Isto causou atrito entre nós e eu resolvi me simpatizar com os companheiros de banda, mas também disse a eles que eu não conseguia controlar o que os entrevistadores ficavam me provocando.

 

Pergunta: Por que você sempre faz entrevistas ou coletivas de imprensa sozinho, sem a presença da banda?

Billy: Porque os entrevistadores fazem 95% das perguntas sobre mim e a banda se sentiria desrespeitada.

 

Confira a performance do SMASHING PUMPKINS com a música citada por Billy como uma homenagem ao ALICE IN CHAINS, "Bleeding The Orchid":

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

  • Facebook Social Icon
Mais Recentes

Soundgarden: baterista é bloqueado pela viúva da rede social de Chris Cornell

December 15, 2019

1/5
Please reload

Destaques
Please reload

2016 by RockInTheHead