Stone Temple Pilots: “observar Scott se afundando foi horrível”

October 10, 2017

 

Os membros fundadores do STONE TEMPLE PILOTS, Dean DeLeo (guitarrista), Robert DeLeo (baixista) e Eric Kretz (baterista), falaram sobre a morte do vocalista original da banda, Scott Weiland, em uma nova entrevista para o Yahoo - em celebração ao 25º aniversário do seu álbum de estréia, “Core” (1992).

 

Dean falou: "Há algo que não me parece certo ficar aqui falando sobre Scott. É realmente triste por ele não poder estar aqui e responder essas coisas por conta própria. É doloroso também que ele não esteja aqui para comemorar os 25 anos do disco ‘Core’".

 

Robert DeLeo mais tarde falou sobre a gravação do álbum “Stone Temple Pilots” em 2010 (6º disco, o último gravado com Scott nos vocais), além dos últimos anos de Weiland na banda antes da sua demissão em 2013 e da sua morte em 2015.

 

"Foi literalmente nós 03 no estúdio gravando os instrumentos e Scott em outro lugar/estúdio fazendo os seus vocais e enviando-os para nós. Portanto, assumimos o papel de produzir esse álbum e como produtores, quando os arquivos dos vocais chegavam em nossas mãos, eles realmente não eram satisfatórios, sabe? Simplesmente não rolavam".

 

"Foi literalmente gravando um disco sem a banda completa no estúdio. Chegamos num certo ponto onde nós fazíamos 04 versões diferentes de uma mesma música para descobrir qual era a melhor que se encaixava em seus vocais, por causa da falta de comunicação com Scott e pelas pessoas que o cercavam".

 

Dean acrescentou: "Este é apenas o nosso ponto de vista, ok? Scott não está aqui para dar o seu ponto de vista e ele pensou que aqueles vocais estavam soando bem. Se Scott estivesse aqui escutando o que estamos dizendo, ele provavelmente iria dizer para nós: ‘Vai se fuder’”.

 

Robert falou: "Quando Scott apareceu no estúdio para ouvir as músicas prontas pela 1ª vez, enquanto ouvíamos ele simplesmente desmaiou na cadeira..., você entende o que eu quero dizer?"

 

Dean complementou: "Era muito evidente o caminho que Scott estava escolhendo... Ele tinha uma nova legião de pessoas ao seu redor que simplesmente continuavam alimentando tudo o que ele era e não conseguia largar (drogas). Estas pessoas deixaram de lado a parte vital de Scott que era a sua saúde e bem-estar, porque todos queriam um pouco do dinheiro dele. Eu acho que Robert, Eric e eu nos esgotamos apenas tentando ajudá-lo para ele voltar a ser o nosso amigo, mas ele procurou não mais fazer parte disso".

 

Robert acrescentou: "Eu acho que quando a verdade chega para alguém que é tão fortemente dependente das drogas, esta pessoa escolhe fugir da verdade. Dean explicou muito bem e é muito triste de ver".

 

Dean finalizou, suspirando: "Ser afiliado com alguém daquela magnitude musical e ser realizado fazendo o que você gosta na vida ao lado dele, observar esta pessoa se afundando nesse buraco profundo da morte foi simplesmente horrível... Foi horrível, cara".

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

  • Facebook Social Icon
Mais Recentes

Black Flag: vocalista Henry Rollins relembra como entrou na banda

September 24, 2020

1/5
Please reload

Destaques
Please reload

2016 by RockInTheHead