top of page
  • by Brunelson

Ramones: qual o disco que o baixista Dee Dee Ramone afirmou não ter tocado uma nota sequer?


Existem alguns álbuns notáveis dos RAMONES que não apresentam o baixista co-fundador e principal compositor, Dee Dee Ramone.

Ele resolveu sair da banda em 1989 e foi substituído por C.J. Ramone. Os últimos 03 álbuns de estúdio lançados pelos criadores do punk rock, "Mondo Bizarro" (12º disco, 1992), "Acid Eaters" (13º disco, 1993) e "Adios Amigos" (14º disco, 1995), foram todos gravados com C.J. tocando baixo em vez de Dee Dee, assim como o clássico disco ao vivo dos RAMONES, "Loco Live" (1992).




Mesmo assim, Dee Dee Ramone sempre esteve na órbita da banda, mesmo que ele não estivesse realmente na banda, sendo que 02 desses 03 álbuns de estúdio apresentam contribuições de escrita de Dee Dee ("Acid Eaters" é um disco somente de covers) e conforme as notas de crédito no encarte do álbum "Mondo Bizarro", indicam que os RAMONES obtiveram os direitos de várias de suas canções em troca de libertar Dee Dee da prisão.

E quando os RAMONES fizeram o seu último show em 06 de agosto de 1996 na cidade de Los Angeles, Dee Dee subiu ao palco para cantar uma das músicas de sua autoria, "Love Kills".


Mas no passado, existe um disco da banda em que Dee Dee Ramone alega não ter tocado uma nota sequer.

Seria o álbum "End of The Century" (5º disco, 1980), o único produzido pelo renomado e lunático produtor, Phil Spector. Em sua autobiografia, Dee Dee Ramone relembrou um incidente notável de Spector mantendo a banda como refém em sua casa uma vez.


“Ele apontou a arma para o meu coração e fez sinal para que eu e o resto da banda voltássemos para a sala do piano”, escreveu o baixista em sua autobiografia. “Ele só colocou a pistola no coldre quando se sentiu seguro de que os seus guarda-costas poderiam assumir, então, ele se sentou em seu piano de cauda preto e nos fez ouvi-lo tocar e cantar a música 'Baby, I Love You', até bem depois das 04:30hs da madrugada".


Dee Dee ficou tão farto das condições hostis de trabalho, que afirmou ter deixado as sessões de gravação antes mesmo de definir uma nota musical: “Trabalhamos pelo menos 14 ou 15 horas por dia durante 13 dias seguidos e ainda não tínhamos gravado uma nota musical”, explicou Dee Dee, dizendo que ele e o baterista Marky Ramone saíram depois que o guitarrista Johnny Ramone avisou que estava de saco cheio e iria retornar para New York.

“Até hoje, ainda não tenho ideia de como eles gravaram o álbum 'End of The Century' ou quem realmente tocou baixo nele”, afirmou Dee Dee Ramone.

Há 03 guitarristas adicionais que são creditados no encarte do disco "End of The Century": os irmãos Dan Kessel e David Kessel, junto com o amigo de longa data e colaborador frequente dos RAMONES como engenheiro de som e produtor, Ed Stasium. Não há nenhum baixista adicional creditado, mas também não é impossível imaginar qualquer um desses 03 tocando baixo.

No entanto, Stasium rejeitou a reclamação de Dee Dee em 2014, dizendo que os créditos do álbum estão corretos, concluindo: “Não é verdade que Dee Dee Ramone não tocou nesse álbum. Há uma música em que os RAMONES realmente não apareceram para gravar, exceto Joey Ramone para cantar 'Baby, I Love You'. Isso não é segredo pra ninguém, mas Dee Dee tinha problemas com abuso de drogas e ele pode ter esquecido disso, mas sim, Dee Dee tocou baixo no disco 'End of The Century'".


"Chinese Rock" (Disco: "End of The Century")


Comentarios


Mais Recentes
Destaques
bottom of page