• by Brunelson

Pink Floyd: a música da banda que o baterista Nick Mason chama de sua favorita


Como um fã, se você fosse perguntado sobre a sua música favorita do PINK FLOYD, provavelmente teria muita dificuldade em escolher apenas uma.

Os reis do rock progressivo tiveram uma carreira tão longa e variada que você poderia ter uma nova favorita a cada dia - se não a cada hora. Na verdade, a banda tem um conjunto tão denso que você poderia facilmente ir mais longe ainda e recortar as seleções em movimentos ou peças isoladas em suas canções.

A escolha deve ser ainda mais difícil para quem ajudou a criar tais músicas e o escolhido da vez aqui é o baterista do PINK FLOYD, Nick Mason.

A sua escolha, como você pode esperar, não foi uma música de grande impacto ou das mais conhecidas pelo mainstream, mas optou por algo fora do campo central e talvez o lugar onde a banda se sentia mais confortável.

Nick Mason atuou como a base rítmica a partir do que os membros do PINK FLOYD poderiam criar em suas famosas paisagens sonoras. Ao lado de Roger Waters, Syd Barrett, David Gilmour e Richard Wright, Mason presidiu uma série insaciável de discos ecléticos que viram a banda flertar com quase todos os gêneros do universo.

Foi um presente que deu à banda uma potência extra.

Uma dessas influências que atravessou o gênero foi a do jazz na canção que Mason chama de sua favorita. O baterista estava falando com a revista GQ quando lhe foi feita a velha pergunta: "Qual é a sua música favorita do PINK FLOYD?" Mason respondeu: “Eu geralmente cito a canção 'Set The Controls For The Heart of The Sun' como a minha canção favorita do PINK FLOYD”.

Optando por evitar qualquer uma das favoritas para as rádios, como as músicas "Money" ou "Wish You Were Here", o baterista ofereceu um pouco mais de profundidade sobre o motivo de ter escolhido este corte psicodélico do álbum "A Saucerful of Secrets" (2º disco, 1968): “É divertido tocar esta canção e ela possui uma dinâmica interessante”, explicou Mason, dando uma dica sobre as origens do jazz nesta música.

Na verdade, o estilo da bateria nesta música escrita por Roger Waters foi tirado direto do jazz: “Eu sei exatamente de onde veio em termos de bateria, que foi Chico Hamilton tocando em um filme chamado 'Jazz on a Summer’s Day'” Mason lembrou. “Ele faz um solo de bateria lindo e tão diferente de qualquer outro solo de bateria”.

Exceto por alguns momentos notáveis, na verdade o jazz era um gênero com o qual a banda tendia a evitar se envolver muito e não estava particularmente interessada: "Sim, não estávamos", confirmou Mason antes de acrescentar que o tecladista "mas Richard Wright era muito interessado e passei por um período de interesse pelo jazz, quando percebi que você precisa de muita técnica para tocar jazz e resolvi seguir em frente na minha linha. Quando vejo bateristas muito técnicos, ainda me pego pensando: ‘Eu gostaria de poder fazer isso também’ e provavelmente conseguiria se me concentrasse nisso e parasse de querer mexer e arrumar carros”.

Essa forma livre de pensamento e criatividade ajudou a empurrar a banda em novas direções e a música favorita de Nick Mason oferece uma recomendação clara dessa teoria.

São canções como essa que fizeram do PINK FLOYD a banda gigante que é.


"Set The Controls For The Heart of The Sun"


* David Gilmour: as suas 06 canções favoritas do Pink Floyd


* Pink Floyd: guia para iniciantes; 10 músicas do tecladista Richard Wright


* Fender Stratocaster: comparação entre as guitarras de David Gilmour e Jimi Hendrix

  • Facebook Social Icon
Mais Recentes
Destaques