• by Brunelson

Judgment Night: lembrando da parceria entre Cypress Hill e Sonic Youth para a trilha sonora do filme


Estamos em 1993 e um novo fenômeno musical já vem tomando conta em todo o mundo e o apelo global de um novo gênero de fusão está ficando cada vez mais difícil de ignorar.

Neste momento específico, a resposta para esse ato está no grunge e rock alternativo.

E através do rock alternativo vimos um novo gênero criar pernas: o rapcore.

Claro, antes disso já tínhamos o BEASTIE BOYS, a parceria do AEROSMITH com o RUN-DMC e o funk rock do RED HOT CHILI PEPPERS, mas foi com um quarteto da Califórnia que iria redefinir completamente a forma deste som.

Em 1992, RAGE AGAINST THE MACHINE lançaria o seu álbum homônimo de estreia altamente carregado e armado. O grupo vinha com um tipo de plataforma política que o separava da maioria dos atos musicais contemporâneos, junto com a sua intensidade agressiva lírica e musical totalmente inebriante.

O sucesso do RAGE AGAINST THE MACHINE era impossível de ignorar e de repente havia um grande mercado para o rapcore - nunca vou me esquecer de quando escutei pela 1ª vez esse disco em 1992 na sala de casa, onde as vidraças vibravam, o som do bumbo da bateria era surreal de escutar, além da sonoridade do baixo e da guitarra serem totalmente futurísticas.

Tanto que um filme completamente inesquecível (e já esquecido em qualquer plataforma de filmes, que saudade das vídeo-locadoras) chamado "Judgment Night" (1993), conseguiu reunir 21 artistas diferentes de rap e rock para colaborar em conjunto nas músicas para a trilha sonora. Ninguém mais assiste (ou consegue achar) este filme há décadas.


Um baita filme, diga-se de passagem, com essa trilha sonora sendo uma fascinante linha de demarcação na cultura popular.


* Judgment Night: produtor do filme fala sobre Nirvana, Metallica e Pearl Jam


* Cypress Hill: comentando sobre a parceria com o Pearl Jam em 1993 para o filme "Judgment Night"

Foram parcerias que eram de cair o queixo: SLAYER com Ice-T, FAITH NO MORE com o BOO-YAA TRIBE, TEENAGE FANCLUB com o DE LA SOUL, MUDHONEY com o SIR MIX A LOT, PEARL JAM com o CYPRESS HILL, HELMET com o HOUSE OF PAIN, DINOSAUR JR. com o DEL THA FUNKEE HOMOSAPIEN, BIOHAZARD com o ONYX e outras...

E uma dupla que também chamou muito a atenção foi o SONIC YOUTH com o CYPRESS HILL.

Começando com os "noises" clássicos do SONIC YOUTH, eles dão a partida para a névoa esfumaçada com a música "I Love You Mary Jane" e colocando o CYPRESS HILL para cantar. A única contribuição vocal do SONIC YOUTH vem da vocalista/baixista, Kim Gordon, que entoa o gancho central.

Enquanto a maior parte da trilha sonora do filme "Judgment Night" segue um caminho agressivo, CYPRESS HILL e o SONIC YOUTH vão para o sentimento da viagem que o título da música opera e que sempre foi a bandeira do CYPRESS HILL.

Esses eram os dias de ouro no rock, onde foi realmente o último pico na história do rock'n roll onde o gênero estava em evidência, influenciava a cultura mainstream (até a moda) e discernia o caminho das coisas.

A trilha sonora do filme "Judgment Night" envelheceu muito bem, sendo uma fascinante cápsula do tempo na fusão de 02 gêneros musicais e também para aqueles que não viveram essa época e querem sentir o gostinho de como era os anos 90...


"I Love You Mary Jane"


  • Facebook Social Icon
Mais Recentes
Destaques