• by Brunelson

Fender Stratocaster: Top 10 guitarristas que representam o modelo


Se não fosse pelas pessoas nesta lista, o nome Leo Fender poderia não ter significado muito para a juventude deste século atual. Nascido em 10 de agosto de 1909, Fender iria inventar uma gama de guitarras elétricas e revolucionar a maneira como ouvimos as nossas músicas.


Mas para muitos, Leo Fender sempre será lembrado pela Stratocaster.


A guitarra definitiva de alguns dos maiores músicos do mundo, o instrumento característico da Fender se tornou um ícone não apenas do rock and roll, mas da vida do século 20. A sua forma é onipresente com rebelião, seu tom uma lembrança dos anos de glória e os seus músicos, bom, eles são alguns dos melhores que o mundo já viu.


Em 1952, Fender projetou o formato de guitarra definitivo ao lado de Bill Carson, George Fullerton e Freddie Tavares, e cerca de 02 anos depois já estava em produção. Não demorou muito para que a guitarra se tornasse um clássico instantâneo - todos precisavam de uma Stratocaster.


Além da Fender Telecaster e da Gibson Les Paul, o corpo da Stratocaster (famosa por seu design de contorno) tornou-se uma das imagens mais reconhecíveis do mundo e como ela foi representada é de forma variada e vasta.


Portanto, resolvemos fazer um ousado Top 10 dos guitarristas que representaram uma Fender Stratocaster e que tornaram-se um símbolo para várias gerações.


Sem nenhuma ordem qualitativa, segue a lista abaixo:


Eric Clapton


Claro, o deus da guitarra teve que ter em suas mãos uma Fender Stratocaster. Clapton é frequentemente considerado um dos melhores guitarristas de todos os tempos, graças ao seu trabalho com uma miríade de bandas incluindo o CREAM, BLIND FAITH e THE YARDBIRDS.


A conexão de Clapton com a guitarra vai além de se apresentar com o modelo, na verdade, ele forneceu muito para a Stratocaster. A história diz que Clapton comprou seis Stratocasters por cerca de U$ 100 dólares cada e deu três - para nada menos George Harrison, Pete Townshend e Steve Winwood (já aviso que deixei de fora dessa lista os últimos dois citados) - e com as três restantes ele criou uma das guitarras mais famosas de todos os tempos, a "Blackie".


A mistura dos modelos de 1956 e 1957 deu a Clapton um tom único e a guitarra seria uma parte integrante de sua configuração no estúdio e palco. Ele também tem muito amor por outra Stratocaster, a guitarra que ele chama de "Brownie", na qual gravou a canção "Layla". Esta última apresenta um argumento convincente de que Clapton é um homem devotado da Stratocaster.

Rory Gallagher


Se Jimi Hendrix o chamou de "melhor guitarrista de todos os tempos", é provável que você não se preocupe com a indicação recebida. O prodígio irlandês recebeu tantos elogios por seu estilo autodidata impecável que se tornou uma lenda.


Líder da banda TASTE e mesmo com uma carreira e vida terrivelmente curtas, Gallagher deixou uma impressão duradoura nas guitarras para todo o sempre através da sua banda e na maior parte de sua vida em carreira solo. A sua desgastada Stratocaster frequentemente agia como uma bandeira de sua afeição pela música. Para Gallagher, não se tratava de fama ou fortuna, era puramente sobre os ritmos.


Era algo que ele defendia em sua música também, sendo que muitas vezes ele reprisava o papel do saxofonista de jazz quando começava os seus solos, onde era difícil manter os pés de Gallagher no chão.

Buddy Holly


Um dos mais famosos rock ‘n’ rollers de sua geração, não é exagero sugerir que Buddy Holly e a sua banda, THE CRICKETS, foram fundamentais na propagação do rock. Ele fez muitos dos seus melhores trabalhos com uma Stratocaster nas mãos.


Holly também foi um dos primeiros músicos a trazer a Fender Stratocaster para o mainstream. O seu estilo rítmico influencia os músicos desde que ele chegou nos anos 50 e não há melhor lugar para esse tipo de som do que em uma Stratocaster.


Infelizmente, Holly nunca alcançaria o seu potencial depois que o seu avião caiu entre as datas da turnê, com Ritchie Valens e Big Bopper a bordo com ele. Conhecido como "O Dia Que a Música Morreu", a imagem de Holly com a sua iniciante Stratocaster viverá para sempre.

Mike McCready


Aqui o mais sensato seria incluir Pete Townshend, guitarrista do THE WHO (dispensa comentários ao quê ele representa armado com a sua Stratocaster), mas para sair um pouco do clichê e devido a tantas honrarias que o site rockinthehead concede ao THE WHO e membros da banda com matérias e resenhas, resolvemos citar um grande fã do grupo.


Apesar de portar vários estilos e modelos de guitarra, Mike McCready é solicitado muitas vezes a "espremer" a sua Stratocaster em arranjos, riffs e solos matadores. Confesso fã também de Jimi Hendrix e Stevie Ray Vaughan, o guitarrista de várias bandas e mais conhecido pelo PEARL JAM, é um dos discípulos da velha guarda despejando todo o seu sentimento na guitarra.


Algumas Stratocasters ele pode ser visto tocando, mas aquela que McCready carrega consigo até hoje desde 1990 - a modelo "Sunburst" toda gasta pelos ferozes ataques - ficará para sempre na memória dos fãs do rock.

Stevie Ray Vaughan


Um de nossos maiores candidatos a “melhor guitarrista de todos os tempos”, Stevie Ray Vaughan era um titã no instrumento. Ajudar David Bowie na canção "Let’s Dance" pode ter anunciado o guitarrista ao mundo, mas ele ainda faria o seu trabalho de confirmar por que era tão bem visto.


Ray Vaughan era o homem que combinava com o renascimento do blues nos anos 80 e o guitarrista foi reverenciado desde então. Grande parte dessa folia se deve à capacidade de Vaughan de tocar as partes principais rítmicas e solos da guitarra ao mesmo tempo - um feito extraordinário que nos remete direto a Jimi Hendrix.


Como muitos músicos, Ray Vaughan tinha a sua guitarra favorita, é claro, uma Stratocaster que ele chamava de “Nº 1”. A guitarra era uma espécie de híbrido com peças dos modelos de 1962 e 1963, mas é mais lembrada por ostentar as iniciais de Vaughan no pickguard dela. Infelizmente, o guitarrista morreu em um acidente de helicóptero em 1990, deixando para trás um legado extraordinário.

Jeff Beck


Para aqueles não doutrinados ao mundo de Jeff Beck, admito que a sua inclusão pode parecer um pouco estranha aqui. Sem muitos grandes títulos ou grandes vendas de discos em seu nome, o trabalho de Beck às vezes pode ser esquecido.


Mas vamos deixar uma coisa clara: Jeff Beck é um gênio da guitarra.


O guitarrista que tinha a banda THE YARDBIRDS junto com Jimmy Page (futuro guitarrista do LED ZEPPELIN), trabalhou em todos os gêneros em sua impressionante carreira, encontrando tempo para trabalhar com artistas desde Morrissey a Stevie Wonder e quase todos os demais.


O que torna Beck um dos melhores músicos é a sua versatilidade. Feliz por se sentar e compor músicas, a capacidade de Beck de transcender todas as barreiras colocadas à sua frente o torna um perfeito guitarrista da Fender Stratocaster.

David Gilmour


Quando David Gilmour se juntou ao PINK FLOYD em 1968, ele o fez com uma guitarra Fender em seu corpo e disposto a adicionar um pouco mais de carne aos ossos da maior banda de rock progressivo de todos os tempos. Com a sua guitarra, Gilmour e o resto do grupo mudaram a forma como o rock foi criado.


Gilmour e o PINK FLOYD podem ter se inspirado no blues que os rodeavam e o resto das bandas dos anos 60, mas onde o PINK FLOYD difere é na sua evolução. Eles passaram por tantos gêneros e estilos que perdemos o controle...


Nada do que teria sido possível sem o tom atmosférico de Gilmour e, sem o qual, nunca teríamos um dos maiores clássicos de todos os tempos, a música "Comfortably Numb".

Nile Rodgers


Outro dos grandes instigadores da música também deve muito do seu sucesso ao comando da Fender Stratocaster. Um modelo poderosamente estiloso, Rodgers tocou com a sua guitarra como ninguém antes e ao fazer isso, quase sozinho inventou a música disco.


O seu som foi emulado por meio do R&B, hip-hop, funk rock e desde então, Rodgers corretamente tomou o seu lugar em definitivo como o "marcador de hits". O guitarrista está supostamente envolvido com canções que acumularam quase U$ 2 bilhões de dólares em vendas...


Um verdadeiro gênio com o seu instrumento, Rodgers merece ser visto como um dos maiores que já existiram empunhando uma Stratocaster.

George Harrison


De um guitarrista "esquecido" para outro - enquanto comemoramos a contribuição incomparável de George Harrison. Provavelmente é apropriado que estar nos BEATLES seja digno de ofuscar a sua contribuição para a banda, mas isso não significa que as habilidades de Harrison na guitarra serão esquecidas.


Talvez, o seu estilo único seja marcado pelo uso da sua guitarra "Rocky", uma Sonic Blue Stratocaster que ele adquiriu em 1965. A guitarra, uma das quais John Lennon também tinha, foi usada em alguns dos álbuns mais triunfantes dos BEATLES.


Ainda assim, quando 1967 chegou e o verão do amor irradiou para todos os lados, Harrison forneceu uma reforma psicodélica em sua famosa guitarra e pintou-a em uma variedade de cores. Harrison continuou a usar o instrumento ao longo de sua carreira nos BEATLES e também em seus trabalhos solo.


Um dos músicos mais abrangentes dessa lista, o comando de Harrison na guitarra não deve jamais ser esquecido.

Jimi Hendrix


Claro, não existe uma lista de grandes guitarristas sem o nome de Jimi Hendrix. O guitarrista simboliza não apenas tudo que é virtuoso em tocar guitarra, mas o espírito e a liberdade com que todos devemos tocar.


Hendrix se conectou com a sua guitarra como ninguém mais, se tornando uma extensão de si mesmo, uma que ele usou com efeito devastador para capturar os corações e mentes de toda uma geração global. Hendrix tem duas das Stratocasters mais famosas de todos os tempos, a que ele tocou no Monterey Festival em 1967 e o seu famoso modelo de Woodstock em 1969.


Claro, Hendrix fez algumas mudanças nos modelos, pois ele era canhoto e pegou guitarra para destro, sendo que ele viu inúmeros outros músicos seguirem o mesmo exemplo e virar as suas próprias guitarras destras para imitar o maior guitarrista de todos os tempos.


Mas ninguém, simplesmente ninguém, jamais foi comparável a Jimi Hendrix por todo o seu conjunto da obra: como compositor, cantor, presença de palco e claro, como guitarrista.

  • Facebook Social Icon
Mais Recentes
Destaques

2016 by RockInTheHead