top of page
  • by Brunelson

Creedence: a história por trás da canção "Bad Moon Rising"


No início de sua fase na vida como um jovem adulto, foi perceptível ver a maré mudando de perspectiva do futuro vocalista/guitarrista do CREEDENCE, John Fogerty.

Depois de passar a adolescência tentando realizar as suas ambições musicais, Fogerty quase desistiu de seus sonhos quando foi convocado para o exército: “Foi muito intenso porque foi bem no auge da guerra do Vietnã”, observou Fogerty em 2019 numa entrevista. “O relógio de todo jovem estava correndo muito rápido naquela época”.

A ideia de que Fogerty poderia ser enviado ao Vietnã, era uma possibilidade muito real assim como grande a consequência de morte ou deterioração corporal.

Porém, quando Fogerty foi dispensado em 1968, ele voltou a se dedicar à música com um novo nível de comprometimento. Uma enxurrada de novas canções se seguiu e ele decidiu rebatizar a banda que formou com o seu irmão, Tom (guitarrista), e seus amigos, o baixista Stu Cook e o baterista Doug Clifford.

CREEDENCE CLEARWATER REVIVAL abraçou o rock do pântano e as imagens do sul dos EUA sob o seu novo nome, embora os próprios membros fossem nativos da Califórnia.

E o material em que Fogerty se concentrou também seria único.

Altamente político em sua perspectiva, Fogerty equilibrou odes a barcos fluviais e baias com observações ardentes relacionadas às ondas de agitação cultural. O 1º grande sucesso do CREEDENCE, a música "Proud Mary", se encaixou perfeitamente na perspectiva pantanosa da banda e o 2º sucesso, a canção "Bad Moon Rising" (3º disco, "Green River", 1969), foi rapidamente escolhida como um hino político.



O único problema era que Fogerty não pretendia representar a crescente ansiedade de uma nação em guerra e enquanto músicas como "Fortunate Son" e "It Came Out of The Sky" tiveram uma abordagem mais direta na política, a canção "Bad Moon Rising" não foi feita para registrar a ascensão agourenta da guerra do Vietnã.

Em vez disso, Fogerty encontrou a sua inspiração em outra forma de mídia.

“Peguei as imagens de um filme antigo chamado 'The Devil and Daniel Webster'”, disse Fogerty para a revista Rolling Stone em 1993. “Basicamente, Daniel Webster faz um acordo com o Sr. Scratch, o diabo. Era para ser apócrifo e num ponto do filme, houve um grande furacão. As colheitas e casas de todos foram destruídas num grande estrondo e bem ao lado ficava a plantação da pessoa que fez o acordo com o diabo, sendo que a sua plantação de milho ainda estava viva e alta, uns 02 metros... Essa imagem sempre ficou em minha mente, sabe?”

“A música 'Bad Moon Rising' não é sobre o Sr. Scratch e sobre o tal acordo”, acrescentou Fogerty. “É sobre o apocalipse que viria sobre nós. Foi só quando a banda estava aprendendo esta canção que percebi a dicotomia. Aqui você tem essa música com todos esses furacões, ventos, ruínas furiosas e a letra dizendo: 'Eu vejo uma lua ruim nascendo', mas toda ela é apresentada por uma levada alegre, certo? E isso não me incomodou na época”.

Fogerty salvaria as suas metáforas políticas/aquáticas para algumas músicas posteriores como "Who Will Stop The Rain?" e "Have You Ever Seen The Rain?", mas por enquanto, ele estava contente em deixar a canção "Bad Moon Rising" representar quaisquer males que estivessem assombrando a imaginação do ouvinte. Com apenas 03 acordes à sua disposição, Fogerty criou uma estrutura simplista que manteve essa música flutuante e impulsionadora.


Ele também encontrou inspiração adicional em um de seus heróis: Scotty Moore, guitarrista de Elvis Presley.

“A canção 'Bad Moon Rising' é uma espécie de 'You're Left, You're Right, She's Gone' de Elvis Presley”, Fogerty disse numa outra entrevista para a revista Guitar World em 1998. “Naquela época, eu não podia tocar a mesma coisa, então, toquei com uma referência em bemol e usei os meus dedos para as notas superiores. É construído em torno de um acorde E aberto com uma 6ª adicionada, C#, e novamente estou tocando o G para G# no riff”.

Com a guitarra afinada um tom abaixo, Fogerty conseguiu a icônica progressão de acordes D-A-G que fez a música "Bad Moon Rising" da forma que a conhecemos.

“Scotty é o cara!” acrescentou Fogerty. “Ele estava na banda de Elvis Presley que definiu qual seria a formação de uma banda de rock 'n' roll. Ele era o guitarrista principal que misturava blues e country e criou a bíblia do rock 'n' roll. Isso é o que você está ouvindo no riff da canção ‘Bad Moon Rising’: blues, country e eu humildemente roubando Scotty do meu próprio jeito”.

Ao que tudo indica, a música "Bad Moon Rising" foi criada para alcançar o que a canção "Proud Mary" não conseguiu, que era alcançar o nº 1 no ranking da Billboard. Infelizmente, assim como aconteceu com "Proud Mary", a música "Bad Moon Rising" alcançou o 2º lugar no ranking da Billboard. Ao longo de sua carreira, CREEDENCE conseguiu 05 singles diferentes no 2º lugar do ranking da Billboard, sem nunca terem alcançado o 1º lugar - apesar da canção "Bad Moon Rising" ter sido o primeiro e único single do CREEDENCE nº 1 no ranking do Reino Unido.

Com toda essa honraria e marca eterna na cultura popular e do entretenimento, a canção "Bad Moon Rising" e tantas outras que não cabem na contagem em duas mãos, seguiu o CREEDENCE à toda cultura mainstream no mundo inteiro até os dias de hoje, se tornando uma das mais icônicas na história geral da música.


"Bad Moon Rising"


Comments


Mais Recentes
Destaques
bottom of page