top of page
  • by Brunelson

Creedence: a história por trás da música "Green River"


A banda CREEDENCE é um dos trajes mais anacrônicos de todos os tempos, mas isso não significa que eles sejam datados.


Uma das melhores bandas da década de 60, a sua forma psicodélica de country rock continua sendo um dos sons mais icônicos de todos os tempos.

Instantaneamente reconhecíveis, eles entregaram muitos clássicos ao longo da carreira e a voz do vocalista/guitarrista John Fogerty, é um dos sons definitivos de sua época, adequada tanto para as selvas da guerra do Vietnã quanto para as praias lotadas da Califórnia.

Indiscutivelmente, a banda estava em seu apogeu criativo em 1969. Esse grupo da Califórnia se aprofundou no rock de raiz que eles sempre gostaram, juntando-se a nomes como Bob Dylan, ROLLING STONES e THE BAND, e inaugurando este novo zeitgeist do rock and roll.

Quando dizemos anacrônico, falamos especificamente sobre esse período do CREEDENCE. O seu estilo de música raiz se baseava fortemente no country e no gospel do passado, e não no rock and roll dos anos 50 como muitos dos seus contemporâneos estavam fazendo. Eles conseguiram aumentar os sons tradicionais dos EUA, reaproveitá-los e encontrar uma mina de ouro criativa.

Uma das melhores músicas desse período é "Green River". Pouco mais de 02 minutos e meio de rock do "pântano" (como muitas vezes é lembrado, sendo que o serial killer Green River só iria surgir na década de 80), é sempre engraçado pensar que a banda era da Bay Area da Califórnia e não do denso Bayou do sul.


"Green River" e muitas das outras canções da banda desse período soam como se estivessem tocando através de um rádio transistor crepitante empoleirado do lado de fora de um barraco na região sul americana no Estado da Louisiana.

Lançada como single em julho de 1969, a música foi lançada apenas 01 mês antes do seu clássico álbum de mesmo nome chegar às lojas. Ele chegou ao 2º lugar no ranking das paradas.

Em uma entrevista de 2012 para a revista Rolling Stone, John Fogerty explicou como a canção "Green River" se originou. Ele revelou que a música não foi escrita com a região sul americana em mente.

Na verdade, a inspiração veio de muito mais perto de sua casa...

Fogerty falou: “O que realmente aconteceu é que eu usei um cenário como a cidade de New Orleans, mas na verdade eu estaria falando sobre coisas da minha própria vida. A música ‘Green River’ – que você pode pensar que se encaixaria perfeitamente na vibe de Bayou do sul, mas na verdade é sobre o Green River, assim como eu a intitulei – na verdade era chamada originalmente de 'Putah Creek'”.

Ele continuou: “Não se chamava 'Green River', mas na minha mente eu sempre a chamava de 'Green River'. Todas essas pequenas anedotas fazem parte da minha infância, essas são coisas que aconteceram comigo de verdade e eu apenas escrevi sobre elas e o público foi mudando o nome da música conforme a apresentávamos no início”.

Elucidando sobre as origens da canção "Green River" em uma entrevista de 1993 para a mesma revista, Fogerty contou que "a referência específica real, Green River, eu peguei de um rótulo de refrigerante. O meu sabor favorito se chamava Green River”.

Esta é uma prova da habilidade de composição de John Fogerty. Ele podia se apropriar dos sons de uma área específica e moldá-los à sua própria imagem, ajudando-o a trazer de volta as memórias inebriantes de sua infância na Califórnia.


"Green River"


Comments


Mais Recentes
Destaques
bottom of page