top of page
  • by Brunelson

Billy Corgan: "Slayer e Pantera são praticamente únicos em suas categorias"


O vocalista/guitarrista do SMASHING PUMPKINS, Billy Corgan, recentemente falou sobre como o PANTERA foi recebido na cena musical alternativa no início dos anos 90 e chamou o SLAYER de "provavelmente a minha banda superpesada favorita de todos os tempos”.


O início dos anos 90 trouxe uma grande mudança que destronou o hair/glam metal como o destaque do mainstream na década de 80 e até abalou a base do heavy metal em geral. No entanto, isso não impediu o PANTERA de fazer grandes ondas sonoras, mantendo-se muito próximo da fórmula arquetípica do heavy metal, ao mesmo tempo em que a salpicava com reviravoltas e melhorias próprias.

Sendo entrevistado pelo programa Revolver, Corgan observou que a imagem do PANTERA de uma “banda de metal puro” confundiu muitas pessoas do lado alternativo das coisas, mesmo que grupos como o NIRVANA falassem abertamente sobre serem influenciados por bandas como o BLACK SABBATH.

Seguem alguns trechos:

“PANTERA eu vi muitas vezes ao vivo. Eu conhecia a banda na época. Dimebag Darrell (falecido guitarrista) até me deu uma guitarra que eu a valorizo muito. PANTERA foi uma daquelas bandas no início dos anos 90 que nem todo mundo do lado alternativo da equação entendia de imediato, porque eram vistos apenas como uma banda de metal puro".

“Mas eventualmente, acho que muitas pessoas do rock alternativo reconheceram que o PANTERA era uma daquelas bandas que meio que transcendiam os gêneros. Eu acho que tematicamente, a maneira como eles mudaram o metal e a maneira como as pessoas tocaram metal depois deles, acho que quase os colocam em uma categoria para poucos. E como as grandes bandas de metal, eles tendem a quase criar a sua própria categoria de música”.

O frontman do SMASHING PUMPKINS também falou sobre o seu amor pelo SLAYER, que ele também coloca em uma categoria única:

“SLAYER é provavelmente a minha banda superpesada favorita de todos os tempos, mas de certa forma é quase impossível dizer isso, porque, como alguém me disse uma vez: 'O SLAYER faz música para o SLAYER'".

“Chamar SLAYER de heavy, hard rock ou metal... Apenas SLAYER soa como SLAYER, então, eu acho que eles sempre precisam de uma categoria para si mesmos. Tive a sorte de ver 02 vezes o show do SLAYER, sendo que a última foi em sua turnê de despedida... Acho que vi o penúltimo show da turnê que foi na Romênia".

“E tinha visto o SLAYER ao vivo na turnê do álbum ‘Reign in Blood’ (3º disco, 1986). Eu estava sozinho com o meu cabelo gótico, acredite ou não, eu já tive cabelo gótico. Foi um pouco assustador lá no Aragon Ballroom, em Chicago, durante a turnê desse álbum. Mas que banda incrível, o que mais eu posso dizer?"



"Raining Blood"


"Cowboys From Hell"


Comments


Mais Recentes
Destaques
bottom of page