Dennis Rodman: "as letras do Pearl Jam me livraram do suicídio"

September 12, 2019

 

O ex-jogador de basquete da NBA, Dennis Rodman (fã declarado do PEARL JAM), foi entrevistado pelo site Bleacher Report e disse que as letras de algumas músicas do PEARL JAM ajudaram a salvar a sua vida.

 

Ele disse que estava no seu carro com uma arma na mão, enquanto escutava as canções da banda grunge de Seattle.

 

Seguem alguns trechos:

 

“Então, um dia, escrevi um bilhete de despedida e entrei no meu carro que estava no estacionamento do ginásio onde treinávamos. Eu tinha uma arma no carro e já estava com ela na minha mão, mas por alguma razão, coloquei algumas músicas para tocar enquanto ficava me debatendo internamente sobre a decisão que iria tomar". 

 

"Não tinha nada a ver com o basquete, sabe? Tinha a ver com esse amor que eu queria e de repente, ela havia me deixado..."

 

"E as canções começaram, tipo, era o PEARL JAM com as músicas 'Even Flow', 'Black' e outras clássicas assim. Eu estava com a arma no colo e enquanto escutava, acabei pegando no sono ouvindo PEARL JAM". 

 

"Acordei e os policiais e muita gente estavam lá... Eu não sabia o que estava acontecendo, sabe? Esqueci completamente que tinha uma arma na mão, sendo que os policiais me tiraram do carro e foi praticamente isso o que aconteceu".

 

"Não se tratava sobre o jogo de basquete. Era sobre me sentir traído, porque eu queria ser muito amado na minha vida".

 

Confira o áudio de estúdio das 02 canções citadas por Dennis Rodman e que foram lançadas no álbum de estréia do PEARL JAM, "Ten" (1991):

 

"Even Flow"

 

"Black"

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

  • Facebook Social Icon
Mais Recentes

Grunge: Top 50 melhores álbuns pela Revista Rolling Stone - nº 38

November 12, 2019

1/5
Please reload

Destaques
Please reload

2016 by RockInTheHead