• by Brunelson

The Who: a trágica história do apartamento onde Keith Moon faleceu


Um apartamento específico no bairro Mayfair em Londres faz parte da história do rock and roll - embora pelos motivos errados.

O imóvel está marcado na história por ser o local da morte de Mama Cass do MAMAS AND THE PAPAS, bem como do lendário baterista do THE WHO, Keith Moon, que de maneira inacreditável morreram na mesma sala com 04 anos de diferença.

Os dois artistas, que foram introduzidos postumamente ao Rock and Roll Hall of Fame nos anos que se seguiram à sua morte, tinham apenas 32 anos de idade no momento da morte com as suas carreiras ainda pela frente.


O apartamento em que os dois faleceram na verdade pertencia a Harry Nillson, mas devido ao cantor e compositor americano estar em grande parte em turnê nos EUA, ele raramente tinha a chance de ficar na sua casa em Londres e em vez disso, alugou-a para os seus amigos músicos.

Mama Cass estava em Londres em 1974 após a sua corrida solo de duas semanas esgotadas no The Palladium e decidiu ficar na capital inglesa por alguns dias depois que as datas de turnê terminaram em 23 de julho. Muitas falsas especulações surgiram após a sua morte - a principal mentira sendo que ela engasgou com um sanduíche de presunto, embora o sanduíche tenha sido deixado intocado na mesa de cabeceira quando ela foi encontrada no dia seguinte.

Ela vinha sofrendo de problemas de saúde nos meses que antecederam à sua morte e em abril de 1974, ela desmaiou no estúdio de televisão do The Tonight Show, estrelado por Johnny Carson, imediatamente antes da sua apresentação marcada. Ela foi internada num hospital e posteriormente liberada, onde ela considerou o incidente devido a exaustão, apesar de ainda não ter ficado claro quantas vezes mais incidentes semelhantes a este ocorreram durante este período.

A morte de Keith Moon no mesmo apartamento nº 12, do Edifício Curzon Place, nº 09, foi tão trágica quanto o baterista do THE WHO estava tentando quase todo o possível ficar sóbrio e sem álcool - o que levou ao desenvolvimento de outros problemas que acabariam por causar a sua morte.

Após uma discussão com sua parceira, Annette Walter-Lax, uma autópsia revelou que, em uma tentativa de se acalmar, ele consumiu 32 comprimidos de clometiazol, que lhe foram prescritos para reduzir os sintomas de abstinência do álcool. No entanto, o seu médico deixou claro que ele não deveria tomar mais do que três comprimidos por dia, o que causou a sua morte súbita e trágica.

Então, Harry Nillson (proprietário do apartamento) acreditou que, devido a esses eventos devastadores que viram dois dos seus amigos falecerem em sua propriedade, ele não poderia mais viver neste apartamento "amaldiçoado". Ele se mudou para morar em Los Angeles permanentemente e deu as costas ao seu lugar de festas em Londres, que foi comprado pelo colega de banda de Keith Moon, o guitarrista Pete Townshend, que provavelmente não queria que a propriedade caísse em mãos erradas por causa da sua história.


* The Who: Top 10 pegadinhas do baterista Keith Moon

  • Facebook Social Icon
Mais Recentes
Destaques