• by Brunelson

Ramones: quando Johnny Ramone jogou pedras nos Beatles no show no Shea Stadium


Antes de Johnny Ramone assumir o seu famoso pseudônimo como guitarrista dos RAMONES, ele era apenas mais um garoto pervertido de New York quando os BEATLES fizeram história com o famoso show no Shea Stadium.

Em meio a um mar de adolescentes histéricos enquanto a maior banda do mundo dominava o planeta, o garoto punk mostrou apreço de sua maneira única jogando pedras nos BEATLES enquanto eles se apresentavam.

Apesar de sua maneira estranha de demonstrar afeto pelos nativos de Liverpool, Johnny era um grande fã dos BEATLES, mas também tinha 16 anos de idade na época e uma propensão a causar problemas - ou seja, simplesmente um adolescente revoltado, rebelde e arteiro (assim como é relatado em um dos DVD's oficiais dos RAMONES). O show no Shea Stadium foi diferente de tudo o que aconteceu antes e infelizmente, foi marcado por problemas tecnológicos porque foi o primeiro desse tipo.

Surpreendentemente, as ações de Johnny ao palco dos BEATLES não foram uma reação ao pesadelo.


Curiosamente, foi um movimento premeditado e ele entrou no show com os bolsos cheios de pedras o suficiente para causar danos graves aos membros dos BEATLES. Felizmente, ninguém se machucou, o que é um alívio, pois segundo o seu amigo Richard Adler que estava com Johnny neste show, as pedras eram “do tamanho de bolas de baseball”.

Ele lembrou: “Em 1966, conhecemos John Cummings, agora chamado Johnny Ramone. No início, John era um baixista com gostos musicais muito diferentes. Ele era um fanático pelo ROLLING STONES e também gostava do THE WHO, THE YARDBIRDS e do THE STOOGES. Com todos os nossos amigos, fomos ver o show dos BEATLES no Shea Stadium e John levou um saco cheio de pedras e as jogou nos BEATLES a noite toda. É incrível que ninguém se machucou, porque eram pedras tão grandes quanto bolas de baseball”.

Essa história veio à tona por Adler no site chamado Ramones Heaven ainda em 1997, que relembrou a sua experiência de ser amigo dos RAMONES antes deles terem formado a banda, o que é um olhar esclarecedor sobre o tipo de pessoa que Johnny Ramone era durante a sua adolescência.


Embora o guitarrista tenha tentado atirar pedras contra os BEATLES durante um dos shows mais importantes de sua carreira, os BEATLES foram uma influência significativa para os RAMONES. Eles estabeleceram uma referência que os nativos de New York tentaram avidamente eclipsar, mesmo que não fosse a sua frente musical.

De acordo com a viúva de Johnny, Linda, os RAMONES “queriam ser a maior banda do mundo. Eles queriam ser tão grandes quanto os BEATLES”.

Embora os criadores do punk rock tentassem esconder a sua veia ambiciosa, ela estava lá e aquele show no Shea Stadium dos BEATLES forneceu a Johnny o plano para os shows de sua futura banda.


Ele brincou uma vez: “Eu sempre imaginava que se os BEATLES tocassem por meia hora no Shea Stadium, se um dia os RAMONES fossem se apresentar no Shea Stadium deveria tocar apenas por 15 minutos, então, no começo, manteríamos o setlist com músicas para durar somente os 15 minutos, para tocarmos as nossas melhoras músicas e deixando o público querendo mais”.

Infelizmente, os RAMONES nunca tiveram a honra de apresentar o seu setlist de 15 minutos no Shea Stadium.

Mais Recentes
Destaques