• by Brunelson

Ramones: a história por trás da música "I Wanna Be Sedated"


Sem dúvida, uma das maiores canções de punk rock já escritas foi composta a partir do conjunto de circunstâncias mais mundanas.

Estamos falando da clássica música dos RAMONES, "I Wanna Be Sedated".

Embora seja frequentemente considerada uma "canção de estrada" - escrita sobre a vida em turnê - funcionou como um momento hino do punk ao chutar contra as situações mundanas da vida moderna.


Apesar de todo o entretenimento do mundo, é uma música que grita proclamando que você não consegue se conectar com as pessoas e que certas coisas não vale a pena passar...

A música teve muitos lançamentos diferentes ao longo dos anos, primeiro chegando às costas britânicas como lado-b do single "She’s The One" (4º disco, "Road to Ruin", 1978). E foi apropriado que a canção encontrou o seu primeiro lançamento na Grã-Bretanha, pois foi na capital Londres que a música foi composta.

Londres na época do Natal é um sonho que se torna realidade para muitos, mas quando Joey, Johnny, Dee Dee e Tommy Ramone estavam em turnê pela Inglaterra, tudo foi um pesadelo.

Em sua cidade natal, New York, RAMONES rapidamente ganhou uma reputação marcante em torno dos seus redutos de punk rock. Embora os locais não soubessem o que realmente significava o termo punk rock, RAMONES estava trazendo a sua feroz marca das maravilhas dos três acordes aos palcos pela cidade e angariando fãs com eles.

Mas fora de sua cidade, o barulho da irmandade RAMONES estava caindo em ouvidos surdos nas demais cidades americanas - exceto no Reino Unido.

Apesar deste cenário, estava claro que os RAMONES eram heróis do underground em toda a Grã-Bretanha muito antes que a maioria dos EUA acreditasse. Ganhou posição de manchete em 31 de dezembro de 1977, subindo ao palco do clube Rainbow em Londres e apresentando uma performance poderosa.

“Acho que o nosso auge, o nosso maior momento, é aquele show de véspera de Ano Novo de 1977/1978”, disse Johnny Ramone sobre este concerto, lançado no disco ao vivo dos RAMONES, "It's Alive". O guitarrista continuou: “Acho que foi o nosso melhor momento como banda”.

Embora os momentos no palco não possam ser contestados, fora do palco ficou claro que a banda não gostou de sua corrida pela capital e até compôs o hino do tédio definitivo para acompanhá-lo.

"I Wanna Be Sedated" pode muito bem ser uma das melhores músicas da banda. Se a canção "Blitzkrieg Bop" (1º disco, "Ramones", 1976) é o hit mainstream pelo qual até mesmo as suas avós jogariam seus punhos para cima, então, a música "I Wanna Be Sedated" era a razão pela qual a banda ainda era o rei do underground.

A música, ao que parece, foi escrita pelo vocalista Joey Ramone e ele se lembrou da sua composição numa entrevista passada: “É uma música de estrada... Eu a escrevi em 1977, na virada do ano para 1978. Bom, Danny Fields foi o nosso primeiro empresário e ele nos mataria de trabalho. Estaríamos na estrada 360 dias por ano, estávamos na Inglaterra em época do Natal e na época do Natal, Londres fecha as portas, tipo, não há nada para fazer e nenhum lugar para ir na cidade”.

Não era a visão da vida em turnê que a banda tinha em mente: “Aqui estávamos nós em Londres pela primeira vez em nossas vidas, e eu e Dee Dee Ramone (baixista) dividíamos um quarto no hotel e estávamos assistindo ao filme 'Os Canhões de Navarone'. Não havia nada para fazer, quero dizer, finalmente aqui estamos em Londres e é isso o que estamos fazendo: assistindo filmes americanos no quarto de hotel”.

Embora a música fale sobre um assunto bastante autobiográfico, a maneira como os RAMONES tocavam e cantava as suas linhas com sarcástico desencanto, tornou-a querida para uma massa de jovens desinteressados.


Ela foi o epítome de tudo sendo cantado por um cara alto, desajeitado, desengonçado, cabelo comprido tapando seu rosto, de jeans rasgado e uma velha jaqueta de couro fedorenta.

Joey Ramone foi o punk arquetípico e sua falta será sentida para sempre.

A banda finalmente lançou a música nos anos 80 para o mercado dos EUA e chamou alguma atenção, em parte, graças ao seu videoclipe exclusivo.

Atuando como um precursor de tendências que seriam seguidas, havia um grau de "bobos" e alegria que sustentava os RAMONES e que sempre ajudava a aliviar o seu dia.

Confira o videoclipe da música "I Wanna Be Sedated" dos RAMONES, lançada no 4º álbum de estúdio em 1978, "Road to Ruin":


  • Facebook Social Icon
Mais Recentes
Destaques

2016 by RockInTheHead