• by Brunelson

Radiohead: vocalista comenta sobre bloqueio como escritor no disco "Kid A"


Thom Yorke, vocalista do RADIOHEAD, relembrando sobre o bloqueio como escritor enquanto trabalhava nas gravações do álbum "Kid A" (4º disco, 2000): “Eu estava preso em meu próprio labirinto particular”.

"Fui seguido por um tipo estranho de monólogo interno, uma crítica a tudo o que eu havia feito musicalmente", disse Yorke em recente entrevista com o escritor e produtor de cinema, Gareth Evans.

A conversa veio como parte de uma nova entrevista em promoção ao relançamento desse disco e de seu sucessor, "Amnesiac" (5º disco, 2001), o qual também foi gravado nas mesmas sessões de estúdio. Este relançamento sairá no mercado em novembro de 2021 com vários bônus e músicas inéditas.

Lembrando o difícil período de luta para fazer um avanço significativo no disco "Kid A", Yorke falou: “Foi o fim da era de ‘OK Computer’ (3º disco, 1997). Nós terminamos a turnê e eu estava meio que preso em meu próprio labirinto particular, seguido por esse tipo estranho de monólogo interno, uma crítica a tudo que eu havia feito musicalmente".

Ele continuou: "Foi quando eu fui impulsionado para um estado estranho em que as pessoas projetavam coisas em mim de uma maneira muito particular. Eu não tinha o tipo certo de mecanismo de suporte para lidar com isso, então, internalizei muito disso”.

Yorke concluiu: “Meio que me desligou e sempre que eu tentava escrever algo, sempre que me sentava na frente de qualquer instrumento, meio que congelava. Eu tinha essa coisa no caminho, essa pequena voz... Me lembro de ficar sentado, sem parar, tocando o riff da música ‘Everything in its Right Place’, meio que tentando meditar para sair disso e não conseguia fazer nada".

"Everything in its Right Place"


  • Facebook Social Icon
Mais Recentes
Destaques