top of page
  • by Brunelson

Pearl Jam: guitarrista admite que não queria recuar ao sucesso com o disco "Ten"


Para marcar o vindouro 30º aniversário do álbum de estreia do PEARL JAM, "Ten" - lançado em 27 de agosto de 1991 - Eddie Vedder, o guitarrista Mike McCready e o empresário desde sempre do grupo, Kelly Curtis, relembraram o sucesso titânico desse disco e o peso que ocasionou na banda após o seu lançamento.

Em recente entrevista para a revista Classic Rock, eles falaram que após o lançamento do disco, o mesmo não tinha saído muito bem no mercado, isto é, até ganhar força depois que a MTV colocou o videoclipe da canção “Alive” em alta rotação - e depois com o nitro que o PEARL JAM e várias bandas do grunge ganharam quando o álbum "Nevermind" do NIRVANA havia sido lançado.


O grupo não esperava um salto tão repentino para os holofotes e ficou maravilhado com isso, mas logo depois, Vedder pensou que a popularidade em massa do álbum e a fama em suas costas, iria acabar com eles: “Estava ficando muito grande e rápido demais”, lembrou Vedder. “Íamos ser esmagados e as nossas cabeças iriam estourar como uvas”.

Mesmo depois de lançar o 2º álbum de estúdio em 1993, "Versus", o disco de estreia continuou voando em vendas e eventualmente ganhando o título de 8º álbum com mais cópias vendidas em 1993, mesmo já tendo sido lançado há 02 anos.

A pressão já estava chegando à beira de um ponto de ruptura, até quando um dos conselheiros da Sony exigiu que a banda lançasse a música "Black" como single, na esperança de manter a receita num fluxo ascendente.

Kelly Curtis lembrou: “E a banda continuava dizendo: ‘Não, isso já é grande o suficiente', recusando tudo, de turnês com grandes bandas a especiais de TV".

A inundação repentina de todas essas oportunidades fez o grupo se atrapalhar.


Vedder admitiu que a conduta deles “não foi graciosa do jeito como estávamos lidando com aquilo... Ao mesmo tempo, é como ser gracioso numa luta em um beco sem saída. Você está apenas tentando sair de lá vivo e nós nos abraçamos e só ouvíamos música”.

Por outro lado e em revelação (até então, achávamos que era somente o baterista Dave Abbruzzese), Mike McCready queria tudo aquilo: “Me lembro de não querer recuar, dizendo: ‘Isso é o que sempre quisemos desde que éramos crianças. Vamos continuar fazendo isso. Vamos fazer vídeos, vamos continuar aqui e vamos abraçar aquilo', mas eles não gostavam daquilo. Eles diziam: ‘Não, temos que fazer desse jeito, porque tudo isso daqui vai desmoronar se não fizermos assim’, e eles estavam certos”.


"Once" (Álbum: "Ten")


תגובות


Mais Recentes
Destaques
bottom of page