• by Brunelson

Billy Corgan: frontman do Smashing Pumpkins escolhendo o seu disco preferido do Led Zeppelin


Quando se trata de música heavy metal, SMASHING PUMPKINS e LED ZEPPELIN são bandas que, querendo ou não, possuem pelo menos 01 pé nessa área.

Ambos apresentam um som muito singular que desafia o gênero, mas que se mostra difícil de empacotar 100% nessa área. No entanto, com o vocalista/guitarrista do SMASHING PUMPKINS, Billy Corgan, continuamente defendendo o seu amor pelo lado mais pesado do rock, não há dúvida de que isso forma uma tendência para a sua produção e é notável que a sua definição solta do gênero seja aquela que tem o LED ZEPPELIN na vanguarda.

Sendo entrevistado uma vez pelo site Artist Direct, Corgan declarou: “O heavy metal é obviamente muito mais mainstream do que costumava ser. Na maior parte, a nossa musicalidade é realmente adotada pelo heavy metal e muitos de nós 'roubamos' vigorosamente essa musicalidade. É claro, todos sabemos da influência do RADIOHEAD, mas não podemos deixar de mencionar a banda MERCYFUL FATE".

Nessa entrevista, Corgan listou os seus discos favoritos de heavy metal, colocando firmemente entre eles o álbum de 1975 do LED ZEPPELIN, "Physical Graffiti" (6º disco). Nesse disco clássico estão músicas monumentais como "Kashmir" e "Trampled Under Foot".


* Billy Corgan: frontman do Smashing Pumpkins nomeia os seus 10 álbuns favoritos de metal

Corgan continuou: "É difícil chamar o LED ZEPPELIN de metal, mas eles criaram bases diferentes que ainda estão sendo usadas na 'terra dos riffs' do metal. Eu amo esse álbum porque é muito sombrio".

Apesar dos elogios bem-intencionados de Corgan ao LED ZEPPELIN, ser uma das melhores bandas de "heavy metal" não é um elogio que eles gostariam de receber.


Como Robert Plant (vocalista do LED ZEPPELIN) uma vez brincou quando perguntado sobre o gênero, ele apontou para um pôster do JUDAS PRIEST entregando a responsabilidade e anunciou: “Se eu sou responsável por isso de alguma forma, então, estou muito, mas muito envergonhado”.

Em 2015, o guitarrista do LED ZEPPELIN, Jimmy Page, até se recusou a fazer parte do programa de rádio do radialista Eddie Trunk, chamado That Metal Show. Só por causa do título, com Trunk confirmando: “Jimmy Page não apareceria no That Metal Show porque se chamava That Metal Show. Ele se recusou a fazer qualquer coisa com a palavra 'metal' nela. That Metal Show é muito além do metal, como qualquer um que assistiu pode afirmar. Apresentamos todo o tipo de coisa no programa, mas ele não queria participar".

Independentemente de ser um disco de metal ou não, o impacto do álbum "Physical Graffiti" do LED ZEPPELIN em Billy Corgan foi profundo.

E quando a música mais famosa do LED ZEPPELIN, "Stairway to Heaven", apareceu no tribunal em um julgamento de plágio, o frontman do SMASHING PUMPKINS até saiu em defesa do LED ZEPPELIN, apelidando o incidente de "a coisa mais idiota de todos os tempos".

E uma técnica que Corgan procurou pegar emprestado do LED ZEPPELIN foram os ritmos em sua guitarra, que ele elogiou: “Quando você pensa na música do LED ZEPPELIN, a guitarra de Jimmy Page é quase como um vocal principal, então, você quase pode ter 02 vocais principais, o que é uma espécie de insanidade do LED ZEPPELIN”.


"Trampled Under Foot"


  • Facebook Social Icon
Mais Recentes
Destaques