• by Brunelson

Nirvana: quando foram perguntados sobre Michael Jackson


Lá em Dezembro/1993, o NIRVANA havia sido entrevistado pela MTV pelo famoso ex-jornalista da revista Rolling Stone, Kurt Loder, e quando foram perguntados sobre Michael Jackson - referente ao infame caso legal de Jackson na época, com toda a cobertura da mídia em torno dele - Kurt Cobain havia defendido o astro pop.


Cobain disse: “Eu acho ridículo. É tudo uma perda de tempo".


Krist Novoselic também falou: “Eles precisam de uma história, sabe? A imprensa precisa de uma história, não importa qual seja... Apenas uma história”.


Novoselic acrescentou: “Toda história é como uma perspectiva! Eles precisam ter uma perspectiva sobre algo, assim como a revista Rolling Stone fez sobre as tantas perspectivas que foram escritas sobre os anos 60, tipo: 'O que os anos 60 significava?' e 'Como nós estamos hoje com a geração baby boomers' e toda essa merda. É tudo sobre perspectivas, histórias e revisionismo, e depois, é só a porra de opiniões do que tudo isso significa hoje, sabe? Você - Kurt Loder - leu toda aquela porcaria, não leu?"


Cobain perguntou a Loder: “Então, as autoridades estão chamando novamente Michael Jackson para fazer declarações? Ele está realmente quebrando alguma lei agora?"


Loder respondeu: "Ainda não, porque Michael não foi acusado criminalmente, mas ele tem um processo civil pendente e deveria estar aqui nesse final de semana".


Cobain: "Quero dizer, não importaria se ele tivesse ido à Oprah de novo e chorado na frente de todo mundo na televisão, porque não vai mudar a opinião de ninguém na imprensa sobre isso, sabe? É assim que as coisas funcionam..."


Novoselic: “Você sabe o que vai acontecer? Ele vai fingir a morte dele, daí os seus parentes irão 'cremar algum corpo' e as cinzas serão espalhadas por toda a Disney”.


Dave Grohl complementou: "E as pessoas nunca mais irão beber Pepsi novamente" (Michael Jackson era garoto propaganda da Pepsi).


Loder respondeu: "As pessoas irão ficar desesperadas... A situação vai correr para isso".


Cobain finalizou: "Eu realmente sinto muito por ele".

  • Facebook Social Icon
Mais Recentes
Destaques

2016 by RockInTheHead