• by Brunelson

Audioslave: 05 tópicos que podem ocorrer durante a reunião


Desde que o vocalista do SOUNDGARDEN, Chris Cornell, se reconciliou com os seus companheiros do AUDIOSLAVE há alguns anos atrás (Tom Morello, Tim Commerford e Brad Wilk, também membros do RAGE AGAINST THE MACHINE e do PROPHETS OF RAGE), os fãs estavam esperando ansiosos por uma reunião. Morello e Commerford compareceram à festa de 50 anos de Cornell em 2014, e Morello e Cornell se reuniram para uma apresentação solo no mesmo ano em Seattle.


No dia 20 de Janeiro/2017, o AUDIOSLAVE se reuniu para a sua 1ª apresentação em 11 anos no Teragram Ballroom, em Los Angeles, como parte do evento criado pelo PROPHETS OF RAGE para protestar contra a posse do novo presidente americano, Donald Trump.


Com isso, aqui estão 05 pontos que poderão acontecer se a reunião se tornar mais do que um show isolado:


1) Apresentação ao vivo das músicas do álbum “Revelations” (3º e último disco, 2006);


O AUDIOSLAVE nunca tocou em shows as músicas do seu último álbum de estúdio - onde a banda se separou apenas alguns meses após o lançamento do disco. Definitivamente, todos os fãs do grupo gostariam de ver a banda estrear algumas canções que foram destaques desse álbum, incluindo as músicas "Original Fire" e a que leva o nome do disco, "Revelations". Enquanto que Chris Cornell apresentou algumas dessas canções em turnê solo, seria um prazer para o AUDIOSLAVE finalmente executá-las ao vivo.


2) Mais PROPHETS OF RAGE em shows e festivais;


Se o reencontro do AUDIOSLAVE continuar além do show ocorrido no dia 20 de Janeiro/2017, mesmo sendo um projeto limitado, a banda poderia surgir como convidada surpresa em alguns shows do PROPHETS OF RAGE, assim como em festivais ao lado do grupo.


3) Um novo álbum;


Se o AUDIOSLAVE lançar um novo álbum de estúdio (e que seria o 4º), com toda a probabilidade, não seria possível até meados de 2018 - porque Chris Cornell estará na função para lançar o novo álbum do SOUNDGARDEN para o 2º semestre/2017. Além do PROPHETS OF RAGE, que também estarão compondo músicas inéditas, conforme Tom Morello afirmou em uma entrevista no final de 2016. O ano de 2018 poderia ser o ano para o AUDIOSLAVE, a não ser que a banda queira logo dar um seguimento para o seu último álbum de 2006.


4) Um retorno a Cuba;


O AUDIOSLAVE fez história há mais de 01 década com o seu desempenho histórico em Cuba. Sim, eles foram para Cuba antes do ROLLING STONES! Poderia o AUDIOSLAVE voltar a Cuba para outro show gigante, ou talvez, se apresentar em outro local histórico? Isso faria sentido com a história da banda...


5) Uma turnê com o AUDIOSLAVE, SOUNDGARDEN e PROPHETS OF RAGE;


Enquanto que o PEARL JAM, SOUNDGARDEN e o TEMPLE OF THE DOG ainda não cumpriram as fantasias dos fãs de uma turnê com essas 03 bandas, o SOUNDGARDEN, AUDIOSLAVE e PROPHETS OF RAGE poderiam encher arenas e estádios de futebol ao se unirem para uma turnê histórica. Para dar folga aos vocais de Chris Cornell, o PROPHETS OF RAGE poderia se apresentar sempre no meio dessas 02 bandas, ou talvez, Zack de la Rocha poderia ser seduzido a aparecer para algumas apresentações como convidado no PROPHETS OF RAGE (vocalista do RAGE AGAINST THE MACHINE).

  • Facebook Social Icon
Mais Recentes
Destaques

2016 by RockInTheHead