Stone Temple Pilots: baixista perguntado sobre Scott e Chester

November 29, 2018

 

O baixista do STONE TEMPLE PILOTS, Robert DeLeo, falou sobre as mortes dos seus colegas de banda, Scott Weiland e Chester Bennington, em uma nova entrevista para o jornal The Record.

 

Seguem alguns trechos:

 

 

O carismático Scott Weiland, com quem eles montaram a crista da onda no grunge e que morreu em 2015 por overdose de cocaína, obtinha um mandato produtivamente volátil na carreira do grupo e que terminou com a sua demissão em 2013.

 

O adorável Chester Bennington, ex-vocalista do LINKIN PARK, que chegou a bordo em 2013, antes de sair amigavelmente dois anos depois e lutando contra a depressão, se suicidou em 2017.

 

"Eu acho que muitas dessas coisas remontam à infância, não é?", observa DeLeo, falando especificamente sobre Weiland.

 

"Eu vou guardar isso para o resto da minha vida. Nós tivemos um presente juntos, isso me coloca em um lugar de gratidão e me sinto muito feliz pelo tempo gasto com alguém como Scott”.

 

Mas sabemos que houve muitas bandeiras vermelhas, com os vícios de Weiland desde a sua prisão em 1995 por posse de heroína e cocaína.

 

Bennington, no entanto, foi diferente.

 

"Eu nunca vi nada disso em Chester", observa DeLeo, igualmente respeitoso a ambos colegas de banda.

 

“Ele era um tipo de pessoa doce, risonha e positiva. Foi um choque enorme o que aconteceu com ele e ainda é..."

 

Confira uma performance do STONE TEMPLE PILOTS com cada vocalista, Scott Weiland com a música "Wicked Garden" (1º disco, "Core", 1992) e Chester Bennington com a canção "Out of Time" (EP "High Rise", 2013, único trabalho de estúdio com Chester nos vocais):

 

"Wicked Garden"

 

"Out of Time"

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

  • Facebook Social Icon
Mais Recentes

Foo Fighters: Dave Grohl nervoso com o lançamento do vindouro disco

March 28, 2020

1/5
Please reload

Destaques
Please reload

2016 by RockInTheHead